Top 05: Filmes de Animação

                 Oi pessoal! Tudo bem?
                 O post de hoje, ou melhor o vídeo de hoje é sobre filmes de animação, o top 05 meus filmes favoritos de animação.
                 Mas antes do vídeo, quero pedir desculpa pela falta de vídeos, mas estou tentando melhor  isso. Mas aqui está o vídeo:
                 Espero que tenham gostado, e agora eu quero saber o top 05 filmes favoritos de animações de vocês, e pode ter certeza que vou assistir assim que puder. E se vocês quiserem que eu faço algum vídeo especial é só pedir que que eu faço. Até a próxima. Amo vocês...
                 Beijinhos...

Cabelo da: Rihanna

                   Oi pessoal! Tudo bem?
                   Mês passado, eu fiz um post sobre o Cabelo da: Gwen Stefani, e um anônimo comentou, e me deu a sugestão de fazer um post sobre o Cabelo da: Rihanna, e aqui estou.
                   Eu pesquisei bastante sobre o cabelo dela e até achei uma matéria sobre o cabelo dela que falava que nesses oito anos de carreira ela mudou de cabelo mais de setenta vezes, e realmente ela mudou várias vezes, e para esse post escolhi pelos cabelos que eu mais gostei e os que achei mais estranhos/feios.
                   Dividi em quatro categorias, cabelos escuros, castanhos, loiros, ruivos. Sem mais delongas, os cabelos da Rihanna:
                   - Cabelos Escuros/Pretos:
                   01. É um cabelo longo, às vezes ele usava liso e, às vezes meio ondulado como na foto e se repararmos bem podemos ver que ela tem um sidecut, uma tendencia que bombou tanto com as celebridades como com pessoas comuns no ano passado.
                   02. É um cabelo curto com as pontas frontais um pouco mais alongadas, e esse corte é uma tendencia para esse ano e quem tem esse corte ou quer fazer esse corte tem que saber que é um corte bem prático.
                   03. Dos cabelos escuros da Rihanna esse é um dos meus favoritos que é uma cabelo joãozinho mais com uma franja desfiada linda, eu adoro esse cabelo e se um dia eu quiser cortar meu cabelo joãozinho de novo (Sim, eu já tive o cabelo curtinho kk), acredito que vou querer fazer assim. E acredito que para ter esse corte a pessoas tem que ter personalidade forte.
                   04. Esse já foi um cabelo estilo joãozinho normal, não tenho muito o que falar sobre esse.
                   05. Esse é um cabelo curto, quase linha reta, mas da para ver uma leve repicada. Essa franjinha é bem retinha, mas acredito que essa franja seja aplique, pois, ela está muito certinha.

                   - Cabelos Castanhos:
                   Nessa categoria é basicamente todos os cabelos castanhos com mechas e mechas com californianas em tom de mel.
                   01. Esse cabelo é longo, se for reparar bem parece um corte em "V", um dos meus cortes favoritos, essa franja está bem legal, mas parece meio artificial, talvez seja aplique.
                   02. Esse é, de todos, o meu cabelo favorito da Rihanna. Super longo, com uma parte lisa e as pontas onduladas. Sobre a cor, achei maravilhosa podemos ver uma cor escura na raiz e posso ver uma técnica de apagamento para ir pro castanho de onde aparece o castanho para baixo vemos mechas em dois tons de mel.
                   03. Outro cabelo bem longo, e mais uma vez podemos ver o sidecut, um cabelo liso até a altura do nariz, e dai até as pontas um ondulado, que sendo sincera não  gostei do resultado, e de novo temos uma raiz mais escura, só que dessa vez, aparentemente quase um palmo, então começa umas mechas em vários tons de mel, e depois vem uma californiana.
                   04. Nesse cabelo vemos um corte na altura dos ombros e podemos ver que fizeram um corte reto e depois desfiaram. Esse cabelo parece que está manchado raiz escura, logo depois um castanho e duas partes mais mais claras, a parte de pigmentação ta meia feia, mas gosto muito do corte.
                   05. Aqui temos a Rihanna abusando do seus cachos, mas não posso falar nada sobre a cor do cabelo, pois, tem um castanho escuro, um médio e um tom de mel, mas eu não consigo explicar a questão de tintura no cabelo cacheado.

                   - Cabelo Loiro:
                   01. Esse se não for o pior é um dos piores que a Rihanna já teve, é um corte moicano com umas mechas loiras horríveis.
                   02. Outra vez com o corte moicano, e um moicano loiro médio puxando pro escuro. Esse é um dos cabelos que eu acho mais ou menos.
                   03. É um cabelo ondulado e amaçado na altura dos ombros com uma leve franjinha. Sobre a questão de tintura o cabeleireiro dela bem que poderia dar uma esfumada da raiz para esse loiro meio Barbie versão desenho. Na minha opinião esse tom de loiro não combinou muito com a Ri, parece até que o rosto dela e o cabelo é a mesma coisa.
                   04. Um cabelo longo, logo abaixo dos ombros, meio repicado, e ondulado, gostei muito do modelo, mas não gostei muto da cor, o que era para ser um loiro foi para um laranja super estranho, além daquela raiz super escura.
                   05. Esse é o meu cabelo loiro da Ri favorito, novamente um cabelo longo, logo abaixo dos ombros, meio repicado, só que dessa vez, bem liso e com franja, e um loiro platinado e dessa vez, eu gostei do efeito na raiz.

                   - Cabelo Ruivo:
                   Os famosos vermelhos da Rihanna e sinceramente a minha cor favorita da Rihanna.
                   01. Parece ser um penteado, mas de qualquer forma é na altura dos ombros, parece ser um ruivo, do tipo vermelho puxado pro laranja e parece estar meio queimado.
                   02. Um cabelo super longo e liso e é um ruivo maravilhoso.
                   03. Aqui temos um penteado pin-up, com o cabelo cacheado, e um ruivo puxado para o rosa e pro roxo.
                   04. aqui temos um cabelo curtíssimo na altura do queixo e novamente com aquele ruivo, do tipo vermelho puxado pro laranja e parece estar meio queimado.
                   05. Outra vez um cabelo super longo e liso, só que dessa vez um ruivo que que parece fosforescente, parece realmente uma cor fantasia.
                   06. Não encontrei nenhuma foto desse mesmo dia só que de outro angulo, então, vou ter que fazer uma analise por essa mesmo. Ou é de novo o corte joãozinho com franjão ou é novamente o corte moicano, e novamente o ruivo que que parece fosforescente, parece realmente uma cor fantasia, a unica diferença é que, pelo brilho que tem nesse cabelo ser uma peruca.

                   Espero que vocês tenham gostado, principalmente você Anônimo, e obrigada pela sugestão, e devo dizer que adoro fazer esse posts, e adorei fazer principalmente esse, deu trabalho, mas adorei. Qualquer coisa, qualquer duvida ou sugestão deixem nos comentários que vou adorar lê-los. Até a próxima. Amo vocês!
                   Beijinhos...

Resenha: No Mundo da Luna (Carina Rissi)

Titulo Original: No Mundo da Luna.
Titulo: No Mundo da Luna.
Autor (a): Carina Rissi.
Paginas: 476.
Editora: Editora Verus.


             Sinopse: A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.


             Minha Opinião: Aqui estou fazendo mais uma resenha de um livro da Carina Rissi, como vocês sabem ela é uma das minhas autoras favoritas, e No Mundo da Luna já virou meu favorito desse ano.
             O livro é em primeira pessoa, é narrado pela Luna, nossa personagem principal, o que em alguns momentos nos trocamos de lugar com a Luna, e isso deixa a leitura ser mais fluída, e rápida, em uma sentada você lê cento e poucas páginas.
             Sobre o enredo é uma história incrível, apaixonante, teve momentos que eu quis jogar o livro longe, porque as coisas não estavam acontecendo como eu queria, mas não conseguia soltar o livro, eu queria sempre saber mais.
             Uma coisa que aparece bastante nesse livro são passagens das tradições e rituais ciganos, como casamento, acredito que a Carina deve ter pesquisado bastante, pois, realmente parece que a Luna está nos contando isso, com se ela soubesse o que está falando, mas sem aquela forma chata. Pelo menos eu, nunca ouvi falar de nenhum livro que abordasse nem que fosse um pouquinho de cultura cigana e eu realmente adorei.
             O final é simplesmente incrível, e a Carina deixou de um jeito que me dá uma esperança de uma sequencia, não que ela tenham deixado alguma duvida minha aberta, mas sinceramente eu adoraria saber o que acontece depois daquele final
             Durante esse livro eu ri e chorei horrores, e eu lembro de ficar evitando ler esse livro, pois, eu não queria que ele acabasse.
             Eu não quero me prolongar muito sobre os personagens pelo simples fato de que eu não quero soltar nenhum spoiler sem querer, então eu só vou falar de dois da Luna que é a principal e do Dante meu personagem favorito.
             Sobre a Luna, ela tem um certo problema de não ver o que está bem na sua frente, e ela na maioria das vezes, faz as coisas de cabeça quente e não pensa muito nas consequências e, às vezes, isso nos faz se identificar com a Luna, por que todos nós, os seres humanos, somos meio assim. Eu gosta da Luna! Ah... A Luna me lembra um pouco a Sofia (de Perdida, da mesma autora), de certa forma elas são parecidas, mas não são iguais.
             Agora sobre o meu personagem favorito sobre o Dante, eu não vou falar onde ele entra nessa história, só vou dizer que ele é um amorzinho nerd, e acho fofa a maneira que ele consegue dividir o Dante chefe chato e mal humorado do fofo e apaixonante, e se eu já estava apaixonada por ele ao decorrer do livro, no final eu derreti. A Carina sabe nos fazer apaixonar por seus personagens.
             Deixe-me falar agora de um assunto um pouco mais sério, mas bom. Logo de início podemos ver o crescimento da Carina Rissi como escritora, eu não pude deixar de comparar a escrita dela de Encontrada para No Mundo da Luna, e junto com esse crescimento, ela ainda conseguiu melhorar a sua técnica de nos prender o livro e só conseguir soltar esse livro quando ele acaba. Esse é livro realmente o livro mais amorzinho que eu já li.

             Bom é isso espero que tenham gostado da minha resenha, me digam nos comentários o que vocês acharam da resenha, do livro, e quem já leu ou quer ler também, vamos bater um papo. Até a próxima. Amo você!
             Beijinhos...

Dica: Duolingo

                 Oi pessoal! Tudo bem?
                 Já fazia tempo que eu não fazia um post sobre dicas para aprender inglês em casa, ou para melhor seu inglês caso você já faça ou fez cursos de inglês, fazia tempo que não fazia porque eu estava testando algumas coisas, e dessas coisas que eu testei, uma estou adorando que é o Duolingo.
                 Eu não lembro como foi me apresentado esse site, mas lembro que na época o Lingua.ly tava dando uns probleminhas, e acabei substituindo quase que totalmente o Lingua.ly pelo Duolingo, e gostei muito mais dele e ele ajuda muito mais para "decorar" vocabulário.
                 Quando você se cadastra no Duolingo, você pode escolher o seu nível e quantas pontos você quer fazer por dia, sim, o Duolingo é um site de atividades diárias, mas você pode fazer a mais se quiser, por isso disse que ele ajuda muito mais a fixar o vocabulário.
                 Tem vários tipos de exercícios de tradução, listening, speaking, e de marcar a opção certa, e sinceramente eu me divirto muito fazendo as tarefas e normalmente faço mais do que os pontos que estipulei quando me cadastrei.
                 Deixa eu explicar um pouco melhor para vocês depois que você se cadastra, e vê qual idioma quer estudar porque tem várias opções desdas mais comuns como Inglês, Espanhol, Francês até Dinamarquês e Alemão então é só ir lá e dá uma conferida. Como estava dizendo, depois de cadastrado e tudo certinho você vai começar a fazer as unidades e conforme você vai terminando as unidades você vai ganhando lingots, que é a moeda do site, que com elas você pode "comprar" mais unidades e testes especiais.
                 E melhor o site é totalmente grátis, de uma olhadinha nesse vídeo:
 
                 Espero que tenham gostado do post, da dica, me deixem nos comentários se vocês já conheciam e se já usavam ou se gostaram de conhecer, ou se vocês gostam de algum site e querem compartilhar comigo, eu vou adorar saber e conhecer. Até a próxima. Amo vocês!
                 Beijinhos...

Playlist: Selena Gomez

              Oi pessoal! Tudo bem?
              Aqui vamos nós para mais uma Playlist dessa vez da Selena Gomez, ela pode ser uma atriz que canta, como ela mesmo já admitiu em algumas entrevistas, mas na minha humilde opinião ela canta bem, e normalmente as músicas delas sempre dão uma paz pelo tom doce e calmo dela.
              Apesar da maioria das músicas dela não serem realmente compostas por ela, são lindas e com lindos significados, como: Who Says (Who says you're not start potential/Who says you're not presidential/Who says you can't be in movies/Listen to me, listen to me/Who says you don't pass the test/Who says you can't be the best - Quem disse que você não é um começo em potencial/Quem disse que você não é presidencial/Quem disse que você não pode estar em filmes/Me escute, me escute/Quem disse que você não pode passar no teste/Quem disse que não pode ser o melhor).
              Eu queria ter colocado The Heart Wants What It Wants e I Want You To Know, mas o site que eu uso para fazer as playlist diz que não encontra, então peço mil desculpas, mas ficou faltando essas duas músicas. Aqui está a playlist, e espero que vocês gostem:
              Espero que vocês tenham gostado da Playlist, se vocês acham que eu esqueci alguma música dela, me avisem que depois eu atualizo, e também me digam se gostaram ou qualquer coisa deixem nos comentários que vou adorar lê-los.
              Até a próxima, amo vocês!
              Beijinhos...

Saiu: o Clipe Bad Blood da Taylor Swift!


               Oi pessoal! Tudo bem?
                Ontem (17) ocorreu o Billboard Music Awards, uma premiação patrocinado pela revista Billboard, é uma cerimônia de entrega de prêmios nos Estados Unidos da América, para homenagear artistas da indústria musical.
                Mas além da entrega de prêmios e de algumas performances, teve também a estreia do mais novo clipe da Taylor Swift, Bad Blood, a suposta música para Katy Perry, sim eu vou deixar como suposta, porque apesar de todos terem certeza que é para ela, a Taylor nunca falou com todas as letras.
                Primeiro eu quero dar a minha opinião mais geral e depois nós vamos pros detalhes, okay?
                Assistindo o clipe, me senti assistindo, mas um filme, do que um clipe, me senti assistindo uma mistura de A Esperança com Divergente. Já que estou falando de filmes, vi muitos comentários sobre o clipe parecer com o filme Sucker Punch - O Mundo Surreal, eu já assisti esse filme e eu odeio esse filme, e devo dizer que, sim, o clipe realmente lembra o filme, mas na minha opinião, o clipe é mil vezes melhor.
                Mas eu também vi muitos comentários falando que ela convidou muita gente e que apareceram por muito pouco tempo e sim eu tenho que concordar, foi muita gente, que apareceram muito pouco tempo, mas esse negócio de ter muita gente nem foi o que realmente me incomodou, o que me incomodou mesmo foi o final.
                Eu classifico esse clipe com 4 estrelas e meia de 5 estrelas, por se não fosse o final, eu não vou falar porque eu quero que vocês assistam, mas ai eu não gostei e se o final fosse outro é quase certeza que eu daria 5 estrelas.
                Agora sendo mais detalhista: vamos começar pelo mais difícil o "enredo" do clipe, por que esse é o mais difícil, simples vou tentar não dar nenhum spoiler, eu adorei a história, e as atuações de todas, ainda mais a da Tay, adorei ver ela como Bad Girl.
                Queria destacar duas cenas, a primeira é a primeira cena do clipe dela e da Selena lutando com uns homens e quando elas vencem a personagem da Selena pega a maleta e a joga para fora, realmente retrata toda a música, uma "amizade" que acaba pois uma das duas, atacar a outra para pelas costas. E aquela cena no campo de batalha, pode ser isso que ela queria passar, pode ser uma interpretação pessoal minha, mas senti que aquela cena representava que amigas verdadeiras sempre vão estar ao seu lado quando você precisar, quando você precisar lutar por algo.
                Vi algumas pessoas reclamando da nova versão da música, é um remix, que tem a participação do rapper Kendrick Lamar, sinceramente eu gostei mais do que a versão do CD, e olha que eu não sou fã de remix.
                Sobre a arte visual, eu adorei a edição e os efeitos especiais, ficou de uma forma perfeita que faz nos acreditar que realmente existem todas aquelas maquinas e tudo mais.
                Sobre as maquiagens são lindas e amei principalmente aquela preta no momento que ela está deitada na maca, e aquela que ela está treinando na neve que me parece que tem um pouco de roxo. Já o figurino eu simplesmente amei principalmente as de batalha totalmente futurísticas, e a minha favorita também é aquela que ela está treinando na neve (Que por acaso foi a qual eu escolhi para o post). Ah... e eu acho que a Tay ficou linda ruiva.
                 Eu já falei demais, e aqui está o clipe:
                Espero que vocês tenham gostado do clipe, e do post, e me digam nos comentários do que vocês acharam do clipe e se concordam ou não comigo, que eu vou adorar saber. Até a próxima, amo vocês.
                Beijinhos...

Resenha: Onde Encontrei meu lar (Gleice Couto e Victor Almeida)

Titulo Original: Onde Encontrei Meu Lar.
Titulo: Onde Encontrei Meu Lar.
Autor (a): Gleice Couto e Victor Almeida.
Paginas: 50.

              Sinopse: Ela não queria suas memórias.
                             Ele queria reconstruí-las.
                             Mas, juntos, poderiam criar uma nova.

              Minha Opinião: Algum tempo atrás fiz a sexta parte do Indicando: Blogs e Canais Literários uma das minhas indicações foi o canal UltraViolet da Gleice Couto, e o vídeo que escolhi para por no post era ela falando do conto de natal que escreveu junto com o Victor Almeida do Geek Freak, e eu falei que tinha lido e amado e falei que se alguém quisesse eu poderia reler e fazer a resenha, e a fofa da Cissi falou que queria, então finalmente aqui estou eu  fazendo essa resenha.
              Eu prefiro não falar nada sobre o enredo pelo simples fato de ser um conto curto e qualquer coisa que eu falasse poderia ser spoiler, mas sinceramente aconselho que ninguém pesquise nada sobre a história em si, porque é muito melhor ler esse conto sem saber o que esperar, é muito mais fácil de se apaixonar.
              O conto tem dois pontos de vista, a Manu e o Nathan, eles são nossos personagens principais, e os dois pontos de vista são em primeira pessoa, nos capítulos impares temos o ponto de vista da Manu e nos capítulos pares  temos o ponto de vista do Nathan.
              Sobre os personagens, obvio que temos mais personagens, mas como é um conto só os principais são verdadeiramente explorados, sobre a Manu alguma coisa me incomoda nela acredito que seja suas atitudes melodramáticas, eu entendo pelo o que ela passou, mas algo no jeito dela me incomoda, acredito que possa ser que durante o conto fale e mostre que ela é altruísta, mas a principal ação dela no conto é egoísta, quem leu vai entender o que estou falando.
              Já o Nathan é simplesmente um fofo, que dá vontade de tirar ele da história e ficar grudada nele para sempre, queria muito um melhor amigo como ele, que se preocupa com a amiga e faz de tudo para que ela se sinta bem, e é por conta dele, e por conta do que ele faz que me fez amar esse conto e dar cinco estrelas. E ele ainda tem um humorzinho meio nerd, o que deixa ele ainda mais encantador e charmoso, em outras palavras é muito fácil se apaixonar por ele (pelo menos, eu fiquei!).
              É um conto de leitura fácil e rápida, e apesar de se passar do natal sinto que todos podem ler a qualquer hora independente da época, caso alguém tenha se interessado vocês podem encontrar esse livro disponível para leitura totalmente grátis no Wattpad, ou caso queira comprar, você pode adquirir tanto no site da Amazon Brasil, ou no site do Kobo.

              Espero que vocês tenham gostado da resenha, principalmente você Cissi, e me digam alguém ficou interessado pelo conto ou alguém já leu esse conto deixe nos comentários se concorda ou não comigo, vou adorar conversar com vocês. Até a próxima, amo vocês!
              Beijinhos...

Reflexão: Amor

                Oi pessoal! Tudo bem?
                A tempos eu estou querendo fazer um post sobre coração, amor e não consegui escrever e nem pensar em nada, daí, algum tempo atras vou vi um vídeo da Bianca Campos sobre Relacionamento, eu coloco o vídeo no final do post, e ela estava falando exatamente o que eu precisava ouvir, o que eu precisava falar. Depois dessa introdução vamos começar:

                A adolescência é uma época da vida muito difícil, e é mais difícil quando se está apaixonada, mas como aqui somos todos amigos podemos ser totalmente sinceros um com os outros, toda a situação que o coração está envolvido sempre será difícil, independente da época da vida.
                Independente se você é adolescente ou adulto se apaixonar é difícil, e muitas vezes pode machucar um ou outro ou  até mesmo ambos, e quando você se machuca por conta de um sentimento, independente de ser ou não amor, dói muito mais do que uma dor física.
                Quando você se apaixona você sente algo indescritível, algo que você nunca mais vai sentir novamente, independentemente de quantas vezes você se apaixone, vai ser algo que vai marcar seu coração para sempre, E depois que você se apaixona vem o outro problema, a outra pessoa corresponder ou não.
                E agora vou ter que usar as palavras da Bianca, porque sinto que ela definitivamente escolheu muito bem as palavras e eu não sei se conseguirem colocar isso melhor que ela, mas obvio que vou colocar um pouquinho das minhas.
                Depois que você se apaixonou vá como calma, viva um dia de cada vez. Como diria os mais velhos não coloque a carroça na frente dos burros, viva o que você está sentido agora, não se culpe, não tenha medo e nem se sinta mal por gostar de alguém, é maravilhoso gostar de alguém e é algo muito especial, mesmo que a outra pessoa não goste de você, ou mesmo que tenha acabado isso encare isso como um presente, uma dadiva:
Você foi capaz de amar
                Poder amar, se apaixonar é algo lindo e incrível e nem todo mundo tem essa capacidade é, por isso, que esse mundo está desse jeito, porque ultimamente está difícil achar pessoas com a capacidade de amar de verdade, e as que tem essa capacidade muitas vezes tem medo, medo de se dar uma chance de se apaixonar, de amar de verdade.
                Amor: um sentimento que é único e muito puro pra gente tratar ele assim como, às vezes, a gente o trata, não se puna não se jugue porque você amou ou ama alguém, guarda esse sentimento veja como uma coisa boa se não deu certo agora pode dar certo em breve, com um outro alguém; e sinceramente acredito que esse é um dos piores problemas do mundo, as pessoas não conseguem amar ou tem medo, e não conseguem ver como o poder do amor pode mudar tudo, fazendo assim o nosso mundo, um mundo totalmente egoísta.

                Era isso que eu queria falar espero que vocês tenham gostado, e agora como prometido aqui está o vídeo da Branca:
                Espero que vocês tenham gostado do post, e que tenham sido uma boa reflexão, e me deixem nos comentários o que vocês acharam e sobre o que vocês pensam sobre o assunto. Até a próxima, amo vocês!!
                Beijinhos...

Dica Rápida: Banco de Séries

                Oi pessoal! Tudo bem?
                Quem me acompanha pelo Twitter (@JennyA_Souza), já deve ter visto que, às vezes, aparece uns tweets, mais ou menos assim:
Atribuí nota 8.5 ao episódio 8x23 - The Maternal Combustion de The Big Bang Theory http://bit.ly/1DET3nW #bancodeseries
                Esses tweets, não sou eu que escrevo é um site, Banco de Séries, que posta automaticamente, e é sobre ele que vamos falar hoje.
                Eu não sei se vocês conhecem, mas o Banco de Séries, basicamente é um site pra você marcar qual série você já assistiu ou está assistindo, ele é um site excelente se você assim como eu não tiver uma boa memoria para lembrar qual foi o último episódio que assistiu.
                Depois que você adiciona uma série na sua grade, você vai poder marcar qual episódio você assistiu e qual nota você atribui para o episódio, e sempre que tiver episódio novo vai aparecer no seu perfil.
                Eu gosto desse site porque assim eu consigo me organizar e deixar minhas séries todas em ordem, saber quais já assisti todos os episódios e quais tem episódios recentes. E o site também funciona com séries já finalizadas, por falar nisso tenho que terminar Smallville e Merlin (Apesar que, não gostei muito do primeiro episódio). E ainda dá para você marcar quais são suas séries favoritas e quais você abandonou.
                O Banco de série ainda tem a opção de você fazer um comentário sobre o episódio, mas sendo sincera eu não uso essa opção. Esse site ainda dá para você adicionar pessoas e mandar mensagens, então você pode acabar fazendo amizades com o mesmo gosto de séries que você, ou se vocês já tiverem amigos que usam podem conversar sobre as séries por lá mesmo.

                Como está no título, é um dica rápida, espero que tenham gostado e se vocês já usam ou se interessaram em usar deixe nos comentários que vou adorar saber, e me adicionem lá (Jenny Souza). Até a próxima, amo vocês!
                Beijinhos...

Top 05: Autoras que quero conhecer

               Oi pessoal! Tudo bem?
               Algum tempo atras eu já queria fazer esse post, e agora finalmente estou fazendo, era para ser um top 05, mas eu não consegui e virou um top 06, autores e autoras que quero conhecer, mas no final percebi que li livros de apenas dois autores diferentes então acabou virando uma lista apenas com autoras mesmo.
               Eu pretendo fazer uma atualização desse post, mas perto da Bienal, assim faço uma lista baseada nos autores que vão vim, apesar de que, infelizmente não vou poder ir :(
               Para esse post eu decidi fazer assim, primeiro o top 05 normal (não está em nenhuma ordem de preferencia, está em ordem alfabética de sobrenome) e depois coloco o "extra" que eu meio que roubei nessa hora; Agora sem mais delongas, e sem mais mimimi, o top 05, quero dizer 6;

Top 05:

         01. Kiera Cass.

         A autora da antiga trilogia, que agora é série:
                                      "A Seleção".

         Eu já li todos os livros já lançados (e todos já tem resenha aqui no blog), agora só falta "A Herdeira", o qual eu não sei ainda se realmente quero, apesar já ter colocado na minha Wishlist.

         A Kiera já veio no Brasil, no Beinal de São Paulo, no ano passado, no caso, ainda tenho chance de conhece-lá em alguma outra Bienal, quem sabe na do ano que vem?






         02. Cassandra Clare.

         A autora da trilogia: As Peças Infernais.
         E da série: Os Instrumentos Mortais.

         Eu já li a série inteira de Os Instrumentos Mortais, quem quiser, a resenha de todos os livro e as considerações finais da série já estão todas no blog, é só da uma pesquisadinha.
         Sim, eu quero ler as trilogias As Peças Infernais, que já foi lançada, e Os Artifícios das Trevas, que ainda não foi lançada.

         Assim como a Kiera, ela já veio no Brasil, no Beinal de São Paulo, no ano passado, no caso, ainda também tenho chance de conhece-lá.


         03. Sophie Kinsella.

         Da Sophie Kinsela eu li apenas um livro que é o: Fiquei com o Seu Número, que já tem resenha aqui no blog, mas tenho muita vontade de ler os outros livros, principalmente: O Segredo de Emma Corrigan, se vocês ainda não lembrar dela, ela é a autora de Os Delírios de Consumo de Becky Bloom.


         E notícia triste para quem não vai na Bienal desse ano, e é fã da Sophie, ela vai estar na Bienal do Rio desse ano, eu não pesquisei muito sobre quando é que ela vai vim, e tudo mais para não ficar mais triste por não poder ir, mas tudo bem, quem sabe em uma próxima vez.

         04. Carina Rissi.

         Uma das minhas autoras brasileiras favoritas, eu tenho três livros dela, Perdida e Encontrada da série Perdida, os dois já tem resenha aqui no blog, e o terceiro livro é o No Mundo da Luna que é minha leitura do momento.
         Ainda falta comprar e ler Procura-se um Marido, mas logo ele deve estar na minha mão.

         Minha mãe conheceu a Carina no lançamento de No Mundo da Luna em Curitiba e ela disse que a Carina é uma fofa, super querida e que deu um pouco de atenção para todos que estavam lá, e eu já tinha vontade de conhecer ela, e agora tenho ainda mais vontade de conhece-la, quem sabe no lançamento de um próximo livro.

         05. Bruna Vieira.

         Bruna Vieira minha outra autora favorita, eu já li todos os livros dela, dois livros de crônicas: Depois dos Quinze e A Menina que Colecionava Borboletas, e dois romances, os dois da série Meu Primeiro Blog: De Volta aos Quinze e De Volta aos Sonhos, e todos já tem resenha aqui no blog.

         Acredito que todos que me conhecem, ou acompanham o blog a um bom tempo sabe que eu amo os livros e os textos da Bruna e a partir disso e dos vídeos dela, acredito que deve ser muito legal conhecer ela, então imagina ser amiga dela :o






               Agora vem a parte "extra", e devo adiantar que eu dei uma roubadinha nessa parte e sim foi de proposito kkkk... E a sexta autora que quero conhecer é:

         06. Demi Lovato.

         Eu avisei que tinha roubado na última. A Demi é uma das minhas cantoras favoritas e ela é escritora, e eu amo os livro dela, no caso, vou estar realizando dois sonhos em um.

         Eu já fiz resenha sobre o primeiro livro da Demi aqui no blog, acho que já falei sobre ele em três post diferentes então se vocês quiserem aproveitar.

         Eu ainda vou fazer um vídeo sobre o segundo livro, mas estou esperando escrever mais algumas frases, para ficar mais completo e algo mais legal.





         Bom essa é a minha lista de autoras que quero conhecer, e agora quero saber quais são as autoras e autores que vocês mais querem conhecer, e também quero saber quem vai na Bienal do Rio? Deixe nos comentários que vou adorar saber. Por hoje é só, até a próxima, amo vocês.
         Beijinhos...

Playlist: Demi Lovato

                Oi pessoal! Tudo bem?
                Já faz tempo que quero fazer esse post, e finalmente estou fazendo. Como faz tempo que não faço post de Playlist, vou relembrar para você e para os que chegaram agora entenderem, essas playlist são compostas pelas minhas músicas favoritas e/ou as melhores do artista.
                Para esse post resolvi fazer um resumo sobre cada álbum da Demi, falando minhas músicas favoritas e as que mais me tocam de cada álbum e depois vai ter a playlist
                Em seu primeiro álbum Don't Forget, ela teve a ajuda dos Jonas, e nesse CD temos "Believe in Me" (The mirror can lie/Doesn't show you what's inside - O espelho pode mentir/Não mostra o que você é por dentro), uma música que a Demi compôs sozinha como medido de socorro.
                Em seu segundo álbum Here We Go Again, a maioria das músicas estão no próprio estilo dela, e para mim a música mais bonita desse CD é "Catch Me" (You've got me laughing while I sing/You've got me smiling in my sleep - Você me faz rir enquanto eu canto/Você me faz sorrir enquanto durmo).
                Em seu terceiro álbum Unbroken tem um som diferente dos outros álbuns e esse é meu álbum favorito. Nele temos Skyscraper (Yeah it's a long way down/But I'm closer to the clouds up here - Sim, é um longo caminho a percorrer/Mas eu estou mais perto das nuvens aqui em cima) essa música foi gravada duas vezes, a primeira antes dela ir para reabilitação em  2010 foi como um grito de socorro, e ela gravou depois que saiu da rehab, mas a versão que ficou foi a antes da rehab, e se você parar para prestar atenção da para ver como ela está muito emotiva e com a voz de choro.
                Já no quarto álbum o Demi, é um álbum bem pop, nele temos Warrior (Now I'm a warrior, now I've got thicker skin/I'm a warrior, I'm stronger than I've ever been - Agora sou uma guerreira, agora tenho uma pele mais grossa/Sou uma guerreira, sou mais forte do que eu já fui) essa música é muito importante pra mim, tão importante que eu fiz uma tatuagem com um trecho dessa música, mas não vou falar aqui porque ela é tão importante, mas se vocês quiserem saber podem ler aqui.
                E agora estou ansiosa para o quinto álbum que não tem data de lançamento ainda :(

                PS: Eu queria ter colocado I Hate You, Don't Leave Me e Up, mas o site que eu uso para fazer as playlist diz que não encontra, então peço mil desculpas, mas ficou faltando essas duas músicas
                Espero que vocês tenham gostado da Playlist, acho que não esqueci nenhuma música, qualquer coisa deixem nos comentários que depois eu atualizo, mas me diz ai o que vocês acharam? Mal vejo a hora de saber o que vocês acharam.
                Mas hoje é só, mas em breve eu to de volta, até a próxima, amo vocês!
                Beijinhos...

Vamos conversar sobre: Cinderela

           Oi pessoal! Tudo bem?
           Pelo que puderam ver no título, hoje, vamos conversar sobre Cinderela, mas devo adiantar que, depois de ter ouvido tantas críticas positivas sobre esse filme, eu fiquei estou decepcionada com o resultado. Acho que não existe uma pessoa que não conheça a história da Cinderela, mas para não perder o costume, vamos a  sinopse:

           Sinopse (via AdoroCinema): Após a trágica e inesperada morte do seu pai, Ella (Lily James) fica à mercê da sua terrível madrasta, Lady Tremaine (Cate Blanchett), e suas filhas Anastasia e Drisella. A jovem ganha o apelido de Cinderela e é obrigada a trabalhar como empregada na sua própria casa, mas continua otimista com a vida. Passeando na floresta, ela se encanta por um corajoso estranho (Richard Madden), sem desconfiar que ele é o príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o grande baile e acredita que pode voltar a encontrar sua alma gêmea, mas seus planos vão por água abaixo quando a madrasta má rasga seu vestido. Agora, será preciso uma fada madrinha (Helena Bonham Carter) para mudar o seu destino...

           Minha opinião: Cinderela é uma das minhas princesas da Disney favoritas, por isso, quando falaram que ir ter filme, eu fugi de todas as noticias sobre o filme, nem o trailer eu vi, e sendo sincera, achei que essa adaptação seria trazida, para nossos dias atuais, mas não foi.
           Primeiro, vou começar com os pontos que achei negativos e depois com os positivos e faço uma conclusão.
           Contos de fadas não tem apenas uma versão, e resolveram adaptar uma versão diferente da qual eu conhecia, isso não estragou totalmente a história, mas não posso mentir, isso me incomodou e muito, conversei com algumas amigas minhas, até com uma professora sobre isso, e nenhuma delas conhecia essa versão.
           Outra coisa que me decepcionou um pouco foi a questão do elenco, o elenco estava bom, menos os dois principais, a atriz que escolheu para ser a Cinderela, a Lily James, não me convenceu, até agora não consegui me conformar que escolheram ela como Cinderela, ela não tem cara de Cinderela. E outro que não gostei foi o príncipe Kit, o Richard Madden, ele é bonito e tudo mais, mas para mim ele tem mais cara de cara mal, de bad boy, do que de príncipe.
           Agora vamos falar dos pontos que eu achei positivos, o primeiro é sobre a fotografa, os cenários que escolheram para fazer o filme foram incríveis, e cada cenário eles escolheram uma paleta de cores para cena, para não ter uma briga entre as cores, e isso deixou o filme muito harmonioso e lindo.
           Outro ponto positivos para esse filme são os figurinos, as escolhas foram muito bem feitas, e tem dois vestidos que eu quero destacar, amei os vestidos do filme em geram, principalmente o vestido do baile da Cinderela, versão da fada madrinha é claro, foi algo grande, lindo, majestoso, e o outro vestido que quero destacar é o do dia-a-dia da Cinderela, que era simples e de certa forma até bem fiel à animação, a única coisa que eu faria nesse vestido era dá uma sujadinha, ele tava muito limpinho para quem cuida de todos os afazeres uma mansão.
           Normalmente eu falo também da trilha sonora, eu fui assistir o filme por assistir, e dessa vez não consegui prestar atenção para prestar atenção na trilha sonora, para falar algo com vocês, peço que me desculpem por isso.
           No geral, se fosse para classificar o filme em estrelas, ele seria uma três estrelas, não odeio, mas também não amo. Entendo que as pessoas tenham amado, entendo que pode ter pessoas que tenham odiado, mas eu fiquei bem no meio disso, e sinceramente não planejo assistir esse filme tão cedo, é um filme com pontos positivos, mas que também tem negativos, mas tenho que falar o que sempre falo, para mim não foi tão bom, mas pra você pode ser.

           Esse post é post de hoje, me digam vocês querem assistir ou já assistiram? Se já assistiram me digam o que acharam, ou se concordam comigo. Bom... por hoje é só espero que tenham gostado, qualquer coisa já sabem deixem nos comentários, até a próxima, amo vocês.
           Beijinhos....

Leituras do mês: Abril de 2015

              Oi pessoal! Tudo bem?
              Abril foi um mês estressante, corrido, e preguiço. Esse mês estava cheia de provas, trabalhos, fora problemas pessoas, e sinceramente esse mês eu estava com uma uma preguiça, mas uma preguiça de ler, eu via os livros aqui do meu lado e pensava a deixa para mais tarde e esse mais tarde nunca chegava.
              Sinceramente, esse foi meu pior mês, era para esse post só ter dois livros, mas ontem a noite eu terminei mais um livro, ai fiquei um pouco mais feliz e mais animada para o mês que vem.
              Sem mais delongas, aqui estão os três livros que li esse mês:
Titulo Original: The Lion, the Witch and the Wardrobe.
Titulo: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa.
Autor (a): C. S. Lewis.
Editora: Martins Fontes.

              Vocês lembram que mês passado eu não tinha colocado a quantidade de páginas de um livro? Pois é, este é outra história das Crônicas de Nárnia, a segunda, ainda.
              Eu tive um serio problema com esse livro, porque foi quase impossível não comparar com o filme, isso que fazia anos que eu não o assistia.
              Quando eu terminar Nárnia, prometo contar o que eu achei sobre todas, porque não compensaria fazer um poste para cada história, pois quem leu sabe como elas são curtinhas.
Titulo Original: A garota que tinha medo.
Titulo: A garota que tinha medo.
Autor (a): Breno Melo.
Paginas: 280.
Editora: Chiado.


              Essa foi parceria muito bem sucedida, o Breno entrou em contato pelo Skoob, fiquei muito feliz com essa parceria, e esse livro também é incrível.
              Eu não vou me prolongar muito sobre esse livro, porque a resenha saiu essa semana, e lá eu falo detalhadamente a minha opinião sobre o livro, e tudo o que acho importante que vocês saibam, e ainda tem uma entrevista exclusiva com o autor, caso queiram ler está aqui.
Titulo Original: The Horse and his Boy.
Titulo: O Cavalo e o Seu Menino.
Autor (a): C. S. Lewis.
Editora: Martins Fontes.

              Mais um livro das Crônicas de Nárnia, eu enrolei para começar esse livro por duas semanas até que ontem tomei vergonha na cara e comecei ontem e já terminei ontem mesmo porque ele é bem curtinho.
              Agora sobre o livro, não gostei muito, dos três que eu já li esse foi o piorzinho, foi um livro três estrelas. Agora vamos aquele momento sinceridade pura até agora estou pensando: "Porque o Lewis escreveu esse livro?", talvez conforme eu leia os outros eu entenda, mas até agora não entendi.





              Essas foram as minhas leituras do mês que passou, para o mês de maio vou começar com "No mundo da Luna" seguido por "Príncipe Caspian" e depois eu não sei vamos ver no que vai dar, mas agora me digam vocês, como foram as leituras de vocês esse mês. O post de hoje foi curtinho, mas segunda tem mais, até segunda.
              Beijinhos...
google7daadd2f4ae3ab26.html