Dica em Dobro: Cozinha sob Pressão

        Hey! Como vão?
        Hoje já é sexta e decidi passar uma dica para amanha, às 18:15. Semana retrasada estava assistindo o SBT, e passou a promo de um programa, um reality show "novo" (novo entre aspas, por dois motivos, primeiro porque esse programa já existia lá fora, e segundo porque já faz algum tempinho que lançou), mas voltando ao assunto, vi essa promo e fiquei muito curiosa para assisti, e quando comecei não parei mais até acabar todos os episódios já lançados, e estou falando do Cozinha Sob Pressão.
        E essa é a primeira dica. Cozinha Sob Pressão é um programa muito divertido para pessoas que sempre teve curiosidade de saber como é a cozinha de um restaurante, e parem que gosta de cozinhar até pode aprender alguns truques.

        Depois que assisti todos os episódios já lançados, eu teria que esperar uma semana para assistir o novo episódio do SBT, então fui dar uma pesquisada, e Cozinha sob Pressão tem a sua versão como Hell's Kitchen (versão UK, a versão original) e MasterChef e MasterChef Junior (versão USA, entre outras nacionalidades), depois de pesquisar acabei parando para assistir MasterChef Junior dos USA, e ai vem a segunda dica.
        A segunda dica, é uma dica de idioma, assista as outras versões do programa em inglês, ou seja lá qual o idioma que você achou, sem legenda, porque assim você vai aprender e guardar mais vocabulário e vai aprender melhor a pronuncia das palavras, você vai perceber que não precisa saber tudo para entender o contexto.
        Foi isso que eu fiz, assisti MasterChef Junior, que por sinal achei super legal, assisti em inglês sem legenda e percebi que não precisava entender palavra por palavra para entender o contexto, e fiquei muito orgulhosa de mim por ter entendido muita coisa só pelo contexto.


        Espero que tenham gostado  do post e se já assistiram, ou se vão assistir ou qualquer coisa deixem nos comentários que vou adorar lê-los. Até a próxima.
        Beijinhos...

Dica: Aprendendo Inglês em Casa (Parte 2)

        Hey pessoal! Como vão?
        Há algum tempo fiz um post falando que estudo inglês em casa, em que indicava os canais que uso, se você ainda não viu e quer ver está (aqui).
        Hoje não vou indicar canais, vou indicar um aplicativo, uma extensão para o Google Chrome, o Lingua.ly, ele serve para ajudar a memorizar as palavras, vi a dica desse app no canal da Julia Jolie. Já faz 8 meses que estou usando esse app, e me ajudou a memorizar muitas palavras.

        Separei os 3 vídeos da  Julia falando sobre ele, de jeitos de usar o Lingua.ly, são formas diferentes de usar, mas de todo jeito ajuda a memorizar. Ele está um  diferente de quando ela fez o vídeo, porque o Lingua.ly sofreu uma atualização recentemente.

        O primeiro fala sobre como usar o Lingua.ly para memorizar as palavras.
        No segundo usar o Lingua.ly para falar online com estrangeiros.

        No terceiro ela mostra como usar o Lingua.ly pelo celular.

        Espero que vocês tenham gostado, qualquer coisa deixem nos comentários, até a próxima.
        Beijinhos...

Dica: Vocês conhecem o: We Heart It

        Hey! Como vão?

        Esse post vai ser rapidinho, é só para indicar o We Heart It, para quem não conhece é um site para compartilhar imagens e vídeos.
        Quem acompanha a fan page (Just Me: Jenny), deve saber que sempre posto imagens do We Heart It lá, e também uso bastante as imagens aqui no blog.
        Lá você poder achar todo o tipo de fotos, como de comida, decoração, desenhos, lugares, citações, e para não ficar salvando todas as suas fotos no seu computador e deixa-lo pesado, você pode criar uma conta lá, e salvar suas imagens e seus vídeos lá, e ainda pode separar em categorias.

        Quem quiser me acompanhar lá (aqui), no início achei bem complicado mexer lá, mas depois de um tempo mexendo, e fuçando acabei aprendendo a mexer e adorei.
        Quando estou sem criatividade para post, ou quando quero mudar a decoração do meu quarto, ou quando estou sem ideia do que vestir, ou do que fazer no cabelo ou unha, ou ate mesmo, de faça você mesmo, sempre dou uma olhada no We Heart It, e um fato interessante é que o vestido que usei no meu aniversario, eu tirei como exemplo um modelo que eu vi lá.

        O We Heart It é uma excelente dica para todos que tem blog, porque é um excelente modo de conseguir ideias, tem como vocês hospedarem suas fotos, da para você tirar imagens para criar posts, e mesmo que vocês não tenham blog é um excelente site para conseguir ideias.

                Como disse o post de hoje é bem rapidinho, é mais uma dica, espero que tenham gostado qualquer coisa deixem nos comentários, que vou adorar lê-los, ate a próxima.
                Beijinhos...

Resenha: Enfeitiçadas (Jessica Spotswood)

Titulo Original: Born Wicked
Titulo: Enfeitiçadas.
Autor (a): Jessica Spotswood.
Paginas: 272.
Editora: Arqueiro.

            Sinopse: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?

            Minha Opinião: No inicio eu não estava gostando muito por se passar no século XX, mas depois que acabei me acostumando e acabei gostando do livro.
            Adorei a escrita da Jessica, o modo que ela escreve deixa a leitura fácil e rápida, e ela nos faz identificar com os personagens, principalmente com a Cate, que é a nossa narradora, já que passamos todo o tempo na cabeça dela. Pelo o que os outros personagens falam da Cate, dela ser teimosa, protetora, não é de confiar das pessoas, desconfia de todos, e eu sou bem assim.
            Como quase toda história, aqui também temos um "triangulo amoroso", um deles é um amor proibido, sinceramente eu adorei, não acho que esse triangulo seja daqueles vão dividir as pessoas para que casal eles torcem, acho que todos gostam  do mesmo cara.
            A gente acaba se apegando aos sentimentos da Cate, no final acontece algo, que eu não vou falar se não vai ser um spoiler, mas voltando, o que acontece com no final deixa a Cate com raiva e triste, e a gente, pelo menos eu também senti os mesmo sentimentos, e foi maldade terminar ali, mas foi um final realmente para você ler a sequência, Amaldiçoadas.
            Eu vou ler o próximo livro, mas vou esperar um pouco para a raiva passar, mas uma coisa que eu quero muito conhecer no próximo livro é o hospício Harwood.
            A diagramação é muito boa, e  a cada inicio de capítulo é decorado e é lindo.

Projeto: Stay Strong - Ajude as Pessoas

      Já faz quase dois meses desdo último Projeto: Stay Strong, e muita coisa aconteceu.
Esse post é inspirado em algo que está acontecendo na minha vida e no livro da Demi Lovato Staying Strong.

      Eu passei/passo por algo, que foi se não o, foi um dos principais motivos para ter criado o Projeto: Stay Strong, para ajudar pessoas com isso, ou com outros tipos de problemas, dos pequenos aos grandes.
      Eu conhecia uma pessoa há muito tempo, somos daqueles tipo de amigos afastados, mas quando um precisa estamos lá, mas recentemente ela vem passando por problemas, e um deles foi o pelo qual eu passei e passo até hoje, quando comecei a desconfiar, fui atras de tentar ajudar e isso me ajudou ficar mais forte, porque como temos esse problema em comum, e eu estou "mais curada" que a pessoa isso me ajudou a dar força para ajuda-la a superar, e me ajudou dando força, mostrando que consigo ajudar uma pessoa, que estão fazendo um bom trabalho comigo mesma, e que continuando assim vou poder ajudar mais pessoas.
      Então o conselho/dica/objetivo de hoje é: se você já passou por algo, ajudar alguém que está passando pelo mesmo, ou por algo parecido, pode te ajudar a ficar mais forte e ajuda a outra pessoa ficar mais forte e confiar em si mesma, e quando a pessoa ficar melhor vai ficar agradecida e vai querer ajudar os outros, e quem sabe construímos uma corrente de bem, de  solidariedade, para começarmos a criar um mundo melhor.

      Por hoje é só, deixe nos comentários o que vocês acharam, se tem algum assunto que vocês querem que eu fale no próximo Projeto: Stay Strong, que eu vou adorar lê-los e faze-los. Até a próxima.
      Beijinhos...

Resenha: Coração Artificial (Viviane L. Ribeiro) + Entrevista com a autora

Titulo Original: Coração Artificial.
Titulo: Coração Artificial.
Autor (a): Viviane L. Ribeiro.
Paginas: 309.
Editora: Editora Multifoco.

         Sinopse: Gabriel é filho de um importante magnata da indústria de órgãos artificiais, e Alicia é apenas uma estudante inteligente o bastante para ter uma bolsa de estudo na mesma faculdade privada que Gabriel frequenta. O fato é que eles nunca teriam se conhecido se Gabriel não tivesse parado para ajudar Alicia com seus livros e muito menos se aproximado tanto se não a tivesse visto cantar em um bar numa noite. Então acontece um acidente de carro. E estranhamente as pessoas próximas a eles estão tentando mantê-los afastados, e enquanto isso, eles vivem a vida naturalmente, acreditando que o acidente não trouxe nenhuma consequência para suas vidas. Mas a verdade é que estão completamente errados.

         E o livro ainda tem um book trailer:

         Minha Opinião: Conheci o livro através da autora Viviane, pelo Skoob, e ela me fez um convite mega especial, ela me enviou o e-book do livro para resenhar, e eu amei o livro.
         O livro é em primeira pessoa é narrado pelo Gabriel. É um livro de leitura rápida de fácil compreensão, e quando você começa a ler, você não quer mais parar.
         Eu adorei todos os personagens, amei o casal Alibriel <3 (Não sei se alguém já fez a junção para a Alicia e o Gabriel, mas essa é a minha), mas o meu personagem favorito é o Gabriel, ele foi o personagem com que eu mais me identifiquei.
         A história tinha tudo para ser aquela velha história clichê de o garoto rico que faz o que o pai manda, e que acaba se apaixonando por uma garota de classe inferior, mas a Viviane não deixou isso acontecer. E o final... fiz tantas ideias do que poderia acontecer no final e no final eu recebi uma surpresa porque uma das coisas que imaginei que poderiam acontecer aconteceu, mas aconteceu de uma maneira tão fofa que fica difícil até de explicar.
         É um livro que te inspira a correr atras dos seus sonhos, a autora mostra como o amor pode nos transformar, apesar de não ser um livro de auto-ajuda, se você ler as entre linhas isso pode te ajudar e muito com um sonho que você deseja realizar.
         Quem me acompanha tanto pela fan page (Just Me: Jenny) como pelo twitter (@JennyA_Souza) viu que postei algumas citações do livro, então se alguém quiser ter um gostinho do livro pode ir lá e da uma olhadinha.

         Entrevista com a Vivi:
01.Quando será lançado? 
Agora dia 19 de novembro, quarta-feira. 

02. Onde as pessoas podem encontrar seu livro? 
No site da Multifoco Editora ou comigo mesma. Mais tarde, se tudo der certo, vou fazer parceria com algumas livrarias para o livro sair mais barato pra mim e então repassá-lo mais barato para as pessoas.

03. Da onde você tirou a ideia para a história? 
Eu quis ser prepotente e fazer uma história tipo a que Steven Spielberg fez com Inteligência Artificial. Por isso o nome Coração Artificial; eu não quis de jeito nenhum abandonar esse título. Mas não deu certo. Acabou que saiu outra coisa, menos ficção científica e mais drama. Entretanto, o contexto da história sempre foi esse mesmo; a de um personagem que está perdido quando a saída parece tão óbvia.

04. Como você se sente lançando o seu livro?
Para falar a verdade, eu não estou nas nuvens, como deveria. É que foi e está sendo tão difícil chegar nesse ponto que acabei ficando anestesiada. Eu já tinha publicado na Amazon em e-book, mas ficou poucos dias como recebi a resposta da Multifoco, e só resolvi publicar porque notei que alguns leitores têm resistências quanto a e-book, e para esses, eu achei melhor ter um acesso físico, e também porque ficaria mais profissional e abriria mais portas. Mas depois vou disponibilizar o acesso livre ao e-book para aquelas pessoas que são abertas para esse formato, já que não estou ganhando nada pelo livro se eu quiser que ele venda , não que eu esteja reclamando. rs. Só estou um pouco decepcionada, mas não triste; nunca foi minha intenção ganhar dinheiro em cima disso. Só ser lida.

05. Qual o seu personagem favorito e por quê?
Com certeza o Gabriel. Ele é meu preferido porque apesar de ele ser tão materialista e parecer tão fraco, ele toma uma decisão que eu mesma não sei se tomaria. E também porque o baseei no meu sobrinho, inclusive com o mesmo nome (os nomes dos personagens são de pessoas que conheço porque se eu tenho que dar nomes a eles, que seja de pessoas que eu conheço). Quis mostrar a ele que a vida não é justa para ninguém, e a gente tem que saber lidar com isso. Ele passou por muita coisa, e essa foi minha forma de homenageá-lo e apoiá-lo.

06. Tem alguma cena que é a sua favorita? E qual foi mais difícil de escrever?
Definitivamente a mais favorita é a do final, quando Gabriel finalmente faz o que tinha que fazer. Ele se torna uma pessoa digna que não nega a si mesmo, e se eu fosse o seu pai ou sua mãe teria orgulho dele. E qual foi a mais difícil de escrever? Essa pergunta é difícil. rs. Posso dizer que as cenas finais envolvendo o pai do Gabriel, porque suei muito para tentar criar em cima dele o dualismo, o sentimento de concordar como ele e ao mesmo tempo não. E ainda assim não sei se consegui.

07. Você já tem planos para um próximo livro? Se sim, você pode falar alguma coisa?
Claro! Nossa cabeça nunca para. rs. Bem, eu gosto de falar de sonhos e esse agora que estou escrevendo fala de uma garota que vive em um ambiente hostil e que sonha contribuir em alguma coisa, nem que para isso ela tenha que entrar para o exército.

         Eu queria agradecer a Vivi por ter me escolhido para ser uma das blogueiras a resenhar seu livro, e eu amei de verdade, terminei o livro sábado e já estou doida para ler novamente, mas posso esperar pelo novo livro, e também quero agradecer por conceder essa entrevista.
         Esse foi meu primeiro livro em parceria com uma autora, e comecei com o pé direito, porque realmente é incrível em uma das conversas que eu tive com a Vivi ela falou algo que é super verdade que com esse livro é possível fazer uma seleção entre pessoas práticas e sonhadoras,  ela falou que pelo que tudo indica que eu sou sonhadora e ela está certa, eu sou super sonhadora.

Dica: I Could Kill For Dessert

         Hey! Como vão??
         Quem acompanha o meu Twitter (@JennyA_Souza) ou a fan page (Just Me: Jenny), já deve ter visto que eu compartilhei alguns vídeos culinários. (Quase) todos são do I Could Kill For Dessert.
         Eu não lembro direito qual foi o primeiro vídeo que eu vi deles, mas deve ter sido algum da parceria do ICKFD com o Depois Dos Quinze da Bruna Vieira.
         Quem me conhece sabe que eu amo doce (principalmente Nutella, e a Danielle já fez um vídeo de como fazer Nutella), e no canal do ickfd só tem receita de doces, não acompanhava o site comecei recentemente, mas parece que lá tem mais coisas, tem várias receitas, e ainda tem uma lojinha onde tem varias coisas legais. No canal como "apresentadores" temos a Danielle Noce, e seu marido, o Paulo, ou também conhecido como Bigode, lá tem varias receitas fáceis que dá para se fazer sozinho, e algumas mais elaboradas, que eu não me arriscaria a fazer sozinha, e ainda às vezes tem convidados especiais, exemplo a Giovanna Ferrarezi (do Radioactive Unicorns), e a Niina Secrets. Já no site pelo que vi, tem varias colaboradoras e varias receitas e dicas de restaurantes.

         Como amei muito o ickfd decidi compartilhar com vocês!
         Canal no YouTube: Danielle Noce.
         Site: Vídeos e Receitas de Sobremesas | I COULD KILL FOR DESSERT
         Twitter: @ickfd
         Facebook: I Could Kill For Dessert
         Instagram: @icouldkillfordessert

         Por hoje é isso, espero que vocês tenham gostado. Já sabem qualquer coisa deixe nos comentários e ate a próxima.
         Beijinhos...

Tag: Liebster Award

         Hey, Pessoal! Como vão
         Hoje vou responder uma TAG que me foi indicada pela Cissi do Apenas uma Garota Estranha. A TAG é dominada por Liebster Award, que é um "prêmio" para Blogs com menos de 200 seguidores e tem o objectivo de divulgá-los.

         Eu não ia  responder tag's aqui no blog, só la fan page do blog, mas depois de muito pesar achei que seria melhor postar aqui, por conta que assim nos conhecemos melhor, e nem todo mundo que acompanha o blog, acompanha a fan page.

         Como funciona:
         - Escreva 11 fatos sobre você
         - Responda as perguntas de quem te indicou
         - Indique 11 blogs
         -Faça 11 perguntas pra quem você indicar
         - Coloque uma imagem do selo Liebster Award
         - Linkar de volta quem te indicou
         11 Factos Sobre Mim:
01. Quando eu to mal, eu vou me isolar de todos.
02. Eu escrevo histórias..
03. Eu canto o dia inteiro, se você sentar do meu lado vai ter que me escutar cantarolando.
04. Meu sonho é morar ou em Los Angeles ou em Nova York.
05. Quero fazer intercambio.
06. Quando tem algo errado comigo eu vou compor uma música sobre isso.
07. Eu já fiz aula de violão, mas parei a dois anos e estou re-aprendendo de novo sozinha.
08. Estou com um projeto aqui pro JMJ, que tem haver com as minhas histórias.
09. Escuto pouca música nacional.
10. Quero ser loira pelo menos uma vez na vida.
11. Meus dois maiores sonhos quando criança era: 1. poder ajudar os outros, dando voz a eles, para que pudessem lutar pelos seus sonhos, pelo que acreditam, com os problemas. 2: trabalhar de alguma forma com música. Eu meio que já estou trabalhando em realizar o 1, mas quero muito conseguir realizar o 2 também algum dia.

         11 Blogs que indico para fazer a TAG:
         Almost Loved
         The Last Song
         Além desses dois blog que estou indicando, também indico a todas que quiserem fazer...

         Perguntas da Cissi:
         01. Porque deu esse nome ao seu Blog?
         O primeiro nome do blog foi Apenas eu: A Garota do Blog, porque estava assistindo Gossip Girl na época que criei, mas conforma passou um tempo achei que não fazia mais sentido, então mantive uma parte do nome original, e coloquei em inglês, Just Me: Jenny (Apenas eu: Jenny), porque é um blog onde falo sobre as coisas que gosto, que fazem parte do meu mundo, da minha cabeça.

         02. Quem te incentivou a criar o blog?
         Na verdade ninguém, eu tenho blogs desde de 2008 mais ou menos, eu tenho um de fanfic, ele ta meio abandonado recentemente, mas eu queria ´postar mais coisas do que só histórias, então resolvi criar esse, e estou muito feliz com essa decisão.

         03. Qual foi o tempo máximo que ficou afastada sem publicar nada?
         Nesse blog, acho que o máximo foi uma semana, quando meus pais capotaram o carro.

         04. Tem muita falta de inspiração na criação de conteúdo? 
         Sim, mas como passo muito tempo no youtube sempre acabo tendo alguma ideia.

         05. Consegue conciliar a escola/trabalho com o blog?
         Às vezes, consigo e, às vezes não, mas eu tento começar a escrever um post por dia, e no final de semana eu termino eles, mas nessas últimas semanas não tem dado muito certo, porque ta uma correria no colégio.

         06. Com que frequência muda o Layout?
         Toda vez que eu me canso, ou fico enjoada eu troco, isso deve ser mais ou menos entre 3 à 6 meses.

         07. Quais as vantagens e desvantagens em Blogar?
         Vantagens:Você conhecer pessoas novas, poder dividir sua opinião com os outros. Poder ajudar as pessoas de alguma forma.
         Desvantagens: Eu não passei por isso ainda nesse blog, mas já passei em outro, que é você fazer um post com todo amor e carinho e vim uma pessoa que não te conhece, não conhece seu trabalho, e fazer uma critica sem fundamento, ou com ódio gratuito. Existem dois tipos de criticas um, as sem fundamentos, e as construtivas. Criticas com fundamentos, construtivas, são sempre bem vindas.

         08. Quantas vezes publica por mês?
         Essa é fácil de saber já que os post são fixos (segunda, quarta e sexta), de 13 à 14 post por mês, só em fevereiro por ter menos dias são 12.

         09. Qual é a sua postagem mais popular?
         É uma reflexão sobre: Bullying, Auto-Mutilação, e Demi Lovato (aqui), eu postei no dia 20 de agosto do ano passado.

         10. Já teve algum conflito com um leitor?
         Conflito de que tipo?? De brigar, ou de apenas ter desavença de gostos?? Se for tipo brigar não, nunca graças a Deus.

         11. Já foi acusada de plágio?
         Não eu tomo muito cuidado com isso, sempre que pego algo de algum lugar deixo o link em algum lugar, porque não quero ter problemas depois.

         Minhas perguntas:
         01. Que formas você usa de divulgar seu blog? (ex. Redes Sociais)
         02. Qual foi o melhor comentário que você já recebeu?
         03. Você faz o seu próprio layout?
         04. Quem é sua inspiração para começar a blogar?
         05. O que você faz quando tem bloqueio criativo?
         06. Qual o seu tipo de blog favorito?
         07. Seu maior sonho relacionado ao seu blog?
         08. Você pretende algum dia parar de blogar?
         09. Como você se organiza para escrever os post? (no Word, em um Caderno, direto no blogger)
         10. Essa não é bem uma pergunta, mas conte um pouco de como foi para você começar a blogar, lidar com criticas elogios, etc...
         11. O que sua família e suas/seus amigas(os) acham do seu blog?

         Se vocês gostaram que agora vou responder as tags aqui no blog, ou querem que eu responda alguma, deixe nos comentários que vou adorar lê-los.
Beijinhos...

Desabafo: Minha Vida Está de Cabeça pra Baixo

       Hey pessoal, como estão?
       Esse vai ser um post bem pessoal,qual acompanha a fan page do blog sabe que eu dei uma sumida e isso tem haver com esse desabafo, já faz tempo que não fazia um post desabafo resolvi escrever.

       Acredito que todos já devem ter passado por aquele momento que perde o controle de sua vida, e não faz a menor ideia de como conseguir ele de volta, bom... estou passando por esse momento!
       Domingo (16) eu vou fazer o PAS, mas é muito difícil escolher o que fazer, basicamente, para o resto da sua vida com tão pouca idade, durante minha vida já quis fazer tanta coisa que não sei mais o que quero, tenho uma ideia, mas não sei...
       Além dessa pressão toda para saber o que fazer no meu futuro, ainda tem a pressão do colégio, semana passada tive um prova por dia, e ainda tenho mais duas provas, e mais quatro trabalhos, o bom é que minhas notas são altas então quando chega o terceiro trimestre preciso de pouca nota, mas sempre acabo tirando bem mais.
       Poderia falar que o grande problema é a minha família colocando pressão, claro toda família coloca pressão pata que você tire notas altas, mas o problema realmente sou eu mesma.
       Sou muito perfeccionista, quero sempre fazer o melhor de mim, ai acabo fazendo muitas coisas tentando dar o meu melhor, fico sobrecarregada, cansada, e zangada, no momento é isso que estou fazendo. Às vezes acabo não conseguindo fazer algo, ou tão bem como queria outras horas, isso me deixa frustrada.
       Claro que não é só isso que está acontecendo, tem outras duas coisas que estão deixando minha vida de ponta cabeça, uma foi se não o, um dos principais motivos de eu ter criado o Projeto: Stay Strong, e a outra é um coisa pessoal, que só converso com amigas muito próximas, mas acho que nem uma dessas coisas são coisas se falem em um blog, mesmo que desabafo, quem sabe um dia eu conte, um dia que forem assuntos resolvidos, que eu possa ajudar alguém compartilhando eles...
       Claro tem coisas boas acontecendo e ma delas em breve vocês vão saber, mas estou cansada.
       Ultimamente,  única coisa que quero é fugir, jogar tudo para o alto e ir embora, sei que fugir não é a resposta, mas preciso só de um tempo só para mim.

Enquanto estava escrevendo esse post, tive que dar uma descansada e fui dar uma olhada no meu facebook e apareceu a seguinte postagem:
        Como estava dizendo, eu vi e decidi compartilhar com vocês, porque é engraçado como às vezes algumas coisas que precisamos estão na nossa cara, só precisamos estar com os olhos bem abertos a cada detalhe.

        Desculpe quem estava esperando algum outro tipo de post hoje, mas sentia que precisava desabafar um pouco com vocês. Até a quarta.
        Beijinhos...

Selena Gomez lança "The Heart Wants What It Wants"

          Hey! Como vão?
          O post de hoje vai ser bem rapidinho é para falar sobre um lançamento que eu amei. Fiz esse post ontem, para postar hoje e espero que gostem...
          Ontem (06), teve o lançamento da nova musica/clipe da Selena Gomez da coletânea For You que será lançado em 24 de novembro, nessa coletânea teremos versões novas de antigos sucessos, mas também teremos músicas inéditas.

           No clipe a Selena está triste, em alguns momentos até chora. O vídeo é em preto e branco, e tem algumas cenas com o "seu namorado", muitos fãs já fizeram uma ligação com Justin. 
           No inicio ela fala: "Quando estava no palco, eu pensava em como eu o conheço, em como conheço seu coração e sei que ele não faria isso para me machucar. Mas eu não tinha percebido que antes eu estava tão confiante, tão bem comigo mesma, e de repente estava destruída por causa de uma coisa, uma coisa tão idiota. E depois você faz eu me sentir louca, sentir que a culpa é minha. Eu estava sofrendo."

           Eu achei incrível, com toda certeza é o trabalho mais madura dela, já devo ter comentado alguma vez aqui no blog sobre como eu escolho as músicas, que vou pelas letras pelo o que elas me representam, e eu amei a letra de The Heart Wants What It Wants, acho que todo mundo ou já passou ou vai passar por um relacionamento ou paixões em que você ama a pessoa, você tem milhares de motivos para tentar esquecê-la, desistir, "mas o coração quer o que ele quer".
           Com essa letra e com o vídeo podemos ver como ela estava venerável, como estava sofrendo, podemos sentir o mesmo que ela. Eu amei o que ela fala no início principalmente a parte: "[...] você faz eu me sentir louca, sentir que a culpa é minha. Eu estava sofrendo."
           Se as músicas inéditas, forem um terço tão boa como essa vou ama-las.
           Espero que vocês tenham gostado do post, deixem nos comentários o que vocês acharam do clipe, da música, vou adorar os comentários. Até a próxima.
           Beijinhos...

Resenha: Cidade dos Anjos Caídos (Cassandra Clare)

Titulo Original: City Of Fallen Angels.
Titulo: Cidade dos Anjos Caídos.
Autor (a): Cassandra Clare.
Paginas: 364.
Editora: Galera Record.

             Sinopse: A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

             Minha Opinião: Até agora esse foi o livro que menos gostei de Os Instrumentos Mortais.
             Nesse livro passamos muito mais tempo com o Simon (vocês já devem saber que o odeio, néh?), um vampiro Diurno, principalmente no começo, mas depois das 100 primeiras páginas tudo melhora.
             Acho que esse livro deve ser o que mais divide os fãs de TMI por conta de Simon e Jace.
             Alguns acham que não precisava passar tanto tempo com o Simon (eu!), eu não gosto dele e duvido que vá conseguir gostar, tudo bem que ele foi importante para a história desse livro, mas não acho que precisamos passa tanto tempo com ele, quando começava mal via a hora de acabar, e por conta disso, logo no inicio acabei ate entrando em uma ressaca literária, fiquei duas semanas sem conseguir ler nada.
             E alguns acharam que o Jace estava chato nesse livro, por conta de ele estar se afastando da Clary, mas eu entendi o porque e não achei que ele estava chato, acho que ele tava sendo protetor, é a primeira vez que ele se apaixona, e quando estamos apaixonados queremos cuidar da pessoa, mesmo que temos que nos afastamos dela.
             Nesse livro também temos: novos personagens que já tínhamos ouvido falar, mas agora eles aparecem, e outra coisa que temos é que aparece alguns detalhes das Peças Infernais. Ainda não li as Peças Infernais, mas uma vez li o inicio de O Anjo Mecânico uma vez, mas mesmo assim e já vi uns detalhes.
             Sobre o final muita gente se surpreendeu, mas eu já estava desconfiando que isso ia acontecer, por conta das capas seguintes, pode ser que não tenha nada haver, mas isso meio que deu uma pista. Só que agora bateu um medinho por não saber se a Cassandra vai conseguir finalizar a serie sem ficar um final chato, ou sem um 'final feliz' do tipo Caçadores de Sombras, não fez muito sentido, mas acho que dá para entender.

Leituras do Mês: Outubro de 2014

         Hey!! Como vão??
         Como você devem saber esse mês não foi o meu melhor mês literário, esse mês foi um mês corrido e ainda tive uma ressaca literária, mas no final acabou dando tudo tudo certo...

Titulo Original: P.S. I Love You.
Titulo: P.S. Eu te Amo.
Autor (a): Cecelia Ahern.
Paginas: 368.
Editora: Novo Conceito.

Já tem resenha aqui no blog, (aqui). E quem leu a resenha sabe que eu gostei do livro, apesar de quem leu o Livro vs. Filme (aqui) sabe que eu não gostei do filme.


Titulo Original: City Of Fallen Angels.
Titulo: Cidade dos Anjos Caídos.
Autor (a): Cassandra Clare.
Paginas: 364.
Editora: Galera Record.

Eu não posso falar muito sobre esse livro, se não vai ter spoiler da resenha, mas vou adiantar uma coisa, eu gostei.

Titulo Original: Born Wicked
Titulo: Enfeitiçadas.
Autor (a): Jessica Spotswood.
Paginas: 272.
Editora: Arqueiro.

Assim como Cidade dos Anjos Caídos, não vou falar muito para não dar spoiler da resenha, só adianto que em breve sai a resenha, e eu gostei também.





         Se alguém quiser que eu faça um post falando como me recupero dessas ressacas, e me falem como está as leituras de vocês esse mês, deixe nos comentários que vou adorar lê-los. Até a próxima.
         Beijinhos...
google7daadd2f4ae3ab26.html