Resenha: A Esperança (Suzanne Collins)

Sinopse: O volume final da trilogia "Jogos Vorazes", de Suzanne Collins. Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss Everdeen tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra. 
Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em A esperança, um debate sobre a moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens.
Ser o símbolo da revolução tem um preço alto para Katniss, que terá que decidir o quanto da sua própria humanidade e sanidade ela poderá arriscar em nome da causa, dos seus amigos e da sua família. É pela voz da protagonista, ainda mais feroz e obstinada, que a autora desafia o leitor a refletir em meio a cenas cruéis de combate. Tudo isso numa narrativa brilhante, com viradas surpreendentes que levam a um desfecho chocante e original.


Minha opinião: O começo eu achei bem parado, as vezes ate me entediava, principalmente porque no inicio a gente está muito na cabeça da Katniss e ela fica contando como é a vida nos Distrito 13, ela fica pensando no Peeta que está na capital, também fica está obcecada, pensando em ciclo: Tudo que deu errado na sua vida e na das outras pessoas, é culpa do presidente Snow, eu tenho que matar o Snow. Mas depois melhora e volta o ritmo "normal" da trilogia. Depois que o livro "sai" do Distrito 13, começa o que muitos estavam esperando, a rebelião, a grande guerra. Muita gente não gosta de A Esperança, por conta do final, como minha mãe diz eu sou do contra, devo admitir que amei o final, e se tivesse mais sobre aquele final eu iria amar, e sinceramente espero que não mudem isso no filme.

Leitura de Março 2014



Titulo Original: Burn for Burn.
Titulo: Olho por Olho.
Autoras: Jenny Han & Siobhan Vivian.
Paginas: 320.

Sobre três garotas, Kat, Mary e Lillia que ficaram amigas por um motivo, vingança.
Adorei ler o livro, em breve vou ler a  continuação que é Dente por Dente.
A resenha saiu quarta-feira (aqui).





Titulo Original: The Fault In Our Stars.
Titulo: A Culpa é das Estrelas.
Autoras: John Green.
Paginas: 288.

Livro muito fofo, emotivo, te faz chorar. Eu tinha começado a ler ele em fevereiro e acabei abandonando, mas agora em março eu voltei terminei e amei, mal vejo a hora de ver o filme.
A resenha saiu semana passada (aqui).







Titulo Original: The Selection Stories: The Prince & The Guard.
Titulo: Contos da Seleção: O Príncipe & O Guarda.
Autoras: Kiera Cass.
Paginas: 257.

É livro extra da trilogia A Seleção. Eu não vou falar muito porque em breve vai sair a resenha, mas posso adiantar que amei e não vejo a hora de ler A Escolha.








Titulo Original: La Gramatica del Amor.
Titulo: A Gramática do Amor.
Autoras: Rocío Camaro.
Paginas: 264.

Eu achei muito fofo, romântico. Ainda dá dicas de romances românticos, um deles é Orgulho e Preconceito da Jane Austen.
Em breve eu vou postar a resenha.









Estou muito orgulhosa de mim mesma por esse mês ter conseguido ler quatro livros completos eu lendo o quinto que é o Bling Ring, digamos que não estou indo muito bem com ele... Bom... espero que esse mês suas leituras  tenham sido boas!!
Beijinhos...

Resenha: Olho por Olho (Jenny Han e Siobhan Vivian)

Sinopse: Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!

Minha opinião: O inicio é bem cansativo, sinceramente dava vontade de abandonar, mas depois que passou da página 100, o livro  finalmente começou a andar, começou realmente a história da vingança.
Já o resto do livro foi uma leitura fácil era só pegar para ler que você esquecia as horas. Não é exatamente um ponto negativo, mas foi uma coisa que me incomodou um pouco foi em três momentos do livro, teve três acontecimentos que na cabeça de uma das personagens foi uma coisa sobrenatural, achei isso completamente desnecessário.
Amei ler o livro eu já tenho a continuação, Dente por Dente, aqui em casa, mas eu vou dar um tempo, afinal a sequencia é enorme tem 512 paginas, e eu tenho vários outros livros para ler, então eu vou dar um tempo, mas não vejo a hora de ler a continuação.

Reflexão: Quem eu sou?

Em uma das minhas aulas de filosofia, meu professor passou passou um exercício assim: pense na pessoa ou no ser vivo (bicho de estimação, etc...) que você mais ama escreva 5 coisas que você ama nela, mesma coisa só que dessa vez com quem você mais odeia, o que mais odeia nela, e depois 5 qualidades, 5 "defeitos" suas, e depois ele falou o que foi mais difícil? Escrever sobre as pessoas que você mais ama e mais odeia ou escrever sobre vocês mesmos. Mais é claro, que a resposta foi, o mais difícil foi escrever sobre si mesmo, porque ninguém conhece a si próprio, porque estamos sempre em constante mudança, então fiquem pensando quem sou eu, ou então quem eu imagino quem sou...

Eu sou Djennyfer A. de Souza, nasci em Guarapari - ES em 15 de julho de 1999. Com um ano e meio fui morar em Colombo - PR, onde morei por 8 anos, lá conheci pessoas que estão na minha vida ate hoje, e hoje em dia eu moro em Astorga PR. Estou sempre mudando meu cabelo, não tenho medo de cortar meu cabelo, como todas as outras garotas. Sou Lovatic. Odeio educação física. Estou escrevendo um livro, amo ler. Já quis ser várias coisas cantora, atriz, professora e muitas outras coisas. Sou mais conhecida como Jenny. Já tive vários estilos: patricinha, rock e baho. Prefiro músicas internacionais, eu gosto de me identificar com as letras, gosto de estar passando por um momento e ter uma música para ele. Por conta de amar me identificar com as letras de música, e minha paixão por ela, eu pedi um violão e aprendi a tocar as minhas músicas favoritas e as ate me arrisco a dar uma de compositora.
A cada dia tenho uma personalidade diferente, a cada dia sou uma pessoa diferente, tem dias que me detesto, outros que me amam. Tenho uma barreira de proteção contra deixar as pessoas se aproximarem, não gosto de mostrar minhas emoções.
Sou uma garota que a cada dia está se conhecendo melhor...

E vocês quem são?? Me digam nos comentários...
Beijinhos...

Dica: Chuck

Sinopse: Depois de receber de um de seus ex-colegas da faculdade, Bryce Larkin, um e-mail com uma série de imagens subliminares, o jovem viciado em computadores passa a ter, sem perceber, a base de dados dos segredos governamentais gravada no cérebro. Rapidamente Chuck se vê recrutado por John Casey, um agente veterano da CIA, para trabalhar como espião ao lado de sua nova colega Sarah. Assim, ele vê sua vida dividida entre ser um geek de informática e um agente nas missões secretas da agência especial.

Minha Opinião: Eu terminei a serie no final de semana, e já estou com saudades da vontade de assistir de novo.
A série é bem dinâmica, bem viciante. Diferente de algumas series com muitas temporadas, Chuck tem 5 temporadas e não senti nenhuma cair, o máximo que acontecia era ter um episodio "ruim", mas o seguinte já recompensava, mas sinceramente eu queria mais um episodio, um epilogo.
Os personagens apesar da maioria serem agentes secretos, as vezes temos uns momentos pessoais deles, onde podemos nos identificar com a personalidade deles. E ainda conhecemos como é a vida de um agente secreto, como seria sair em missão, receber ordens de seu superiores, os "rituais" para ser um agente.
Eu amei a serie, em momento algum eu queria para de assistir, se pudesse sentava e assistiria todos os episódios de uma vez só, varias e varias vezes...

Resenha: A Culpa é das Estrelas (John Green)

Sinopse:  A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Minha Opinião: As 100 primeiras paginas, achei muito cansativo, mas depois o livro ficou maravilhoso. Eu amei a ironia, a personalidade da Hazel e do Gus. Esse livro é muito sentimental, que te faz chorar, e se você for muito emotivo, você vai chorar muito por sinal.
Foi uma leitura diferente para mim, porque não foi nem uma fantasia, nem uma ficção, para quem não sabe ele é inspirado na vida da Esther Earl, talvez por ser inspirado na vida de uma pessoa, tenha deixado a gente se aproximar, se conectar com os personagens, as vezes me parecia ate o diário da Hazel.
Estou ansiosa para o lançamento do filme, e com toda certeza irei fazer uma comparação entre o livro e o filme.

Ps: Quem me conhece sabe que eu amo o: Cabine Literária, há alguns dias, eles postaram um booktrailer honesto e humorístico, eu acho muito engraçado e resolvi compartilhar com vocês...

Resenha: A História Ilustrada: Beatles (Gareth Thomas)

Assim como o Dossiê Beatles, nesse livro também trás a história dos integrantes da Banda só que em todas as paginas tem fotos.

Não tem muito o que falar desse "livro" porque as fotos em si usam o espaço da página quase inteira e o espaço que sobra é da "legenda", uma coisa que eu senti falta foi de uma foto da capa do álbum Abbey Road.

Ele não é nem muito fino, nem muito grosso 222 páginas e tem várias fotos incríveis de turnês, algumas fotos pessoais, também tem a foto do Paul ao lado Paul de será, ficou muito parecidos. Tem ate uma foto que eu postei no instagram do Paul dando um tchauzinho do Taxi em Paris.
Uma dica que eu dou, que foi uma coisa que eu fiz durante a minha leitura foi ler enquanto escutava as musicas da banda, se vocês quiserem posso fazer um post com uma playlist dos Beatles.
Caso você esteja curioso: O Paul é meu beatle favorito, e a minha música favorita dos Beatles é Here Comes The Sun, que por a caso é uma das músicas do meu álbum favorito o Abbey Road:

Curiosidade: Essa musica toca no final do filme Bee Movie.
Como disse anteriormente isso não tenho muito o que falar; é só por hoje, até mais...
Beijinhos...

Comparação: Em Chamas Filme vs. Livro

Eu simplesmente amo o filme, e isso vocês já devem estar cansados de ler, mas vou repetir, foi por conta do filme Em Chamas que resolvi ler a trilogia, e hoje vim aqui comparar o livro com o filme.
A adaptação é excelente, diferente do primeiro filme o segundo filme que tem 2 horas e 26 minutos, passa mais ou menos uma hora e meia sendo politicas, são cenas que explicam a atual situação de Panem e eu sinto que essas cenas foram muito bem utilizadas, e para quem não leu o livro ajuda muito a entender tudo.
A adaptação ficou tão boa que tem muitas emoções tanto para quem leu para quem não leu, e a caracterização dos personagens foram perfeitas, as roupas, as trilhas sonoras tudo...

A partir daqui terá SPOILERS do filme e do livro.
Eu simplesmente amo os vestidos da Katniss principalmente o de noiva e o do tordo, e eu achei o efeito perfeito na cena da carruagem em que aparece a roupa do Peeta e da Katniss estão queimando, e eu também amei as cenas Peetniss (Peeta + Katniss).
Parte que eu menos gostei foi do filme é que exploraram o relacionamento da Katniss com o Gale e isso não tem no livro, eu não gosto do Gale, eu amo o Peeta. #Team Peeta
Para mim teve duas cenas que me tocaram de mais, a primeira é no distrito 11 que vou confessar eu chorei um pouco, e outra cena que me deixou muito tocada, mas não me fez chorar foi a da morte da Megs, que era uma senhora muito fofa.
E o filme nem o livro tem  final, o filme termina nos olhos da Katniss, que pra mim parece um olhar tipo: Eu sou o tordo, e vou acabar com a Capital. E a cena dos Tordos?? A cena do tordo de Jogos Vorazes se soltando para virar o tordo de Em Chamas que finalmente se liberta virando o passaro de A Esperança.
Mal vejo a hora de ler e de poder assistir os dois filmes de A Esperança

Make e Outfit da Katniss: Jogos Vorazes/Em Chamas

A mais de um mês eu fiz um post sobre: Como fazer a trança da Katniss em Jogos Vorazes (aqui). Assim como naquele post hoje também teremos videos da Mari do canal: Viiixxxen, no caso hoje vai ser três vídeos, que ela fez antes do lançamento de Em Chamas. No primeiro é um outfits da Katniss na arena de Jogos Vorazes. Na segundo é da Katniss na hora  do desfile de carruagens,  e o terceiro e o último é a noiva/torda.



Resenha: Em Chamas (Suzanne Collins)

Sinopse: Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Minha opinião: Nas primeiras 100 páginas foram muito difícil, mas depois foi bem fácil pegar o ritmo, como já disse nos posts sobre Jogos Vorazes, eu só comecei a ler os livros, porque eu amei o filme de Em Chamas, o filme Jogos Vorazes eu odiei então não sabia exatamente o que esperar e fui surpreendida, já Em Chamas eu simplesmente amei então no incio o livro me desapontou, mas depois melhorou e muito, digamos que a partir da página 100 do livro eu não conseguia mais largar do livro. Eu não sei quais são os problemas mentais da Katiniss para ela não ficar logo com o Peeta, já que o Gale é um mala. 

Dica: Dois Filmes Emocionantes

Quando eu fui na casa da minha mãe, ela me deu um DVD com três filmes, e dois dele me fizeram chorar, mexeram com o meu emocional, queria compartilha-los com vocês, muitas já devem ter assistindo, mas acredito que muitos gostam de ficar vendo e revendo eles. Espero que se já viram ou ainda vão ver que vocês gostem tanto quanto eu ...

1. Uma Prova de Amor
Sinopse: Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) são informados que Kate (Sofia Vassilieva), sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna (Abigail Breslin), que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander (Alec Baldwin), um advogado que cuidará de seus interesses.

2. Um Sonho Impossível
Sinopse:  Michael Oher (Quinton Aaron) era um jovem negro, filho de uma mãe viciada e não tinha onde morar. Com boa vocação para os esportes, um dia ele foi avistado pela família de Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock), andando em direção ao estádio da escola para poder dormir longe da chuva. Ao ser convidado para passar uma noite na casa dos milionários, Michael não tinha ideia que aquele dia iria mudar para sempre a sua vida, tornando-se mais tarde um astro do futebol americano.

Resenha: A Marca de Atena (Rick Riordan)

Terceiro livro da série: "Os Heróis do Olimpo".

Semideus romanos e gregos se encontram... Os sete semideuses da grande profecia se encontram para seguirem sua missão, impedir que Gaia acorde e tentar por um fim na raxa entre gregos e romanos.
Annabeth tem seu espaço especial nesse livro em um momento ela se separa de seus amigos e segue a marca de sua mãe, a marca de Atena pela Roma, seguindo a marca encontrar algo que pode acabar de vez com a raxa de gregos e romanos.

Eu não sei exatamente o porque, se foi porque eu li os três livros da saga direto, ou se era porque bem no momento que estava lendo A Marca de Atena eu estava em época de prova esse foi o livro que eu menos gostei de toda saga. Outra coisa que eu acho importante comentar é que o glossário desse livro está muito e ajudou bastante, outra coisa que acho importante comentar já que é algo que eu falei na resenha dos livros anteriores que tava me irritando a narrativa, acho ate legal essa parte de ser uma narrativa alternada, o que me deixava "irritada" era estar narrando na terceira pessoa, porque gosto de sentir que estou dentro do livro e em terceira eu sentia que era apenas leitura, mas no terceiro livro já me acostumei...

Leituras de Fevereiro de 2014


A Escolha o último livro da trilogia Jogos Vorazes, comecei a lê-lo nos últimos dias de janeiro e terminei acho que um ou dois dias antes da minha viagem. Eu devo postar resenha dele agora em em Março ou em Abril ainda não tenho certeza. Muita gente não gosta do final desse livro, mas eu amei, não era nada que eu tinha imaginado.


O Guia Definitivo foi o segundo* livro que li em fevereiro. Eu comprei mais para completar minha coleção do Percy Jackson & Os Olimpianos, eu achei mais um resumo da saga. Mais me ajudou a lembrar de coisas que eu nem lembrava mais, afinal já faz mais ou menos um ano que eu terminei a Percy Jackson & Os Olimpianos. Já tem resenha o blog (Aqui).











Foi minha terceira leitura nesse mês e eu amei, eu senti realmente um amadurecimento na escrita da Bruna, eu acho que eu não tenho muito que falar sobre acho que tudo que precisava ser dito eu disse na resenha que saiu quarta-feira (Aqui).












*Quem me acompanha pelo Instagram, sabe que no dia da minha viagem eu comecei o A Culpa é das Estrelas, mas quando cheguei lá eu não li e quando voltei não dei bola para ele coloquei na estante e comecei o Guia Definitivo, eu vou voltar a lê-lo só não sei quando.
google7daadd2f4ae3ab26.html