Dica: O que fazer no Carnaval

Se você assim como eu não gosta do Carnaval, e vai ficar em casa e não sabe o que fazer, eu vou dar dicas de algumas coisinhas que eu vou fazer nesse Carnaval.

1: Filmes & Séries:
Que tal assistir aquele filme que você está a dia querendo assistir, mas nunca dá tempo por conta de trabalho, colégio, cansaço, ou então aquela série que você está amando, mas perdeu alguns episódios, essa é hora perfeita para por tudo em dia.
No meu caso, eu vou tentar por em dia Once Upon a Time e Revenge, estou na terceira temporada.

2. Livros:
Sabe quando você tem uma pilha de livros no seu quarto, ainda não lidos, é uma hora perfeita para começar a acabar com essa pilha, ou então como estamos na época de colégio, normalmente a gente acaba abandonando um livro no meio por falta de tempo, é um bom momento para terminar.
Eu atualmente estou lendo Olho Por Olho, mas vou tentar terminar ate domingo, mas para o Carnaval, eu fiz uma listinha de alguns livros dai na hora eu só escolho o que ler, que eles são: Gramatica do Amor, Bling Ring A Gangue de Hollywood, Bruxos & Bruxas, A Culpa é das Estrelas).

3. Escrever & Tarefas.
Apesar de ser feriado, as vezes a gente acaba deixando algumas tarefas para trás, ou então em breve terá uma prova (esse é o meu caso), então o que custa tirar um dia para dar uma estudadinha??

Essas são as minhas dicas para o que fazer, e é o que eu vou fazer nesse Carnaval, deixei nos comentários o que vocês vão fazer nesse carnaval.
Beijinhos...

Resenha: A Menina que Colecionava Borboletas (Bruna Vieira)

Sinopse: Bruna Vieira está cada vez mais longe dos quinze, e sabe que crescer nunca é tão simples. Considerada uma das blogueiras mais influentes do mundo, mais uma vez ela dá vazão ao seu talento como escritora com este seu novo livro de crônicas e pensamentos, em que mostra o quanto amadurecer e conquistar a independência é maravilhoso, mas tem seus desafios e poréns. A garota do interior que usa batom vermelho e que realizou seus maiores sonhos continua inspirando adolescentes de todo o país. Para ela, as páginas deste livro significam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí.

Minha Opinião: Atualmente eu tenho os três livros da Bruna, o primeiro que eu li da Bruna foi o Depois dos Quinze, que já tem resenha aqui no blog, e o segundo foi o: A Menina que Colecionava Borboletas e fiquei feliz por ainda não ter lido o: De Volta aos Quinze.
Pois assim, eu poderia comparar os dois livros de crônicas da Bruna, logo no inicio deu para perceber o amadurecimento da Bruna tanto na escrita quanto, como pessoa. Os textos dessa "nova" Bruna da para conhecer a Bruna como pessoa, por isso que eu digo que deu para perceber o amadurecimento tanto como pessoa, como escritora. Eu amadureci durante um livro e outro, mas como eu sempre releio um texto ou outro do Depois dos Quinze,eu sinto que com o amadurecimento da escrita ficou muito mais fácil de se conectar aos textos, só para vocês terem uma ideia o primeiro livro eu me identifiquei com um texto, nesse segundo já me identifiquei com DEZ textos (Mudando o Rumo da Própria História, O manual da felicidade, Estamos nos adaptando, Você estava errado, O triste fim do ensino médio, Sobre ciclos que terminam, O escudo invisível, Tudo bem, O que traz felicidade?, Borboletas). Eu amei as surpresas que a Bruna colocou no livro, e ela ate fez  um vídeo sobre o livro.

Resenha: Perdida (Carina Rissi)

Sinopse: Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

Minha Opinião: Foi um livro cativante, uma história muito boa que desenrola, amei os personagens, e acho que se você gosta de garotos tipo: príncipes, vocês com toda certeza vão se apaixonar pelo Ian Clarke. Amei muito o livro, ele me fez rir e chorar; e ainda é uma obra de autora brasileira, não vejo a hora de ler outros títulos da autora o próximo que pretendo ler é  o: Procura-se um Marido.

Curiosidade: Perdida vai virar filme, e a produção iniciou-se em Janeiro (fan page aqui). Perdida vai ganhar uma continuação, ainda não tem data de lançamento e nem capa, por enquanto tem apenas uma capa provisoria ate agora.

Resenha: Guia Definitivo (Rick Riordan)

Finalmente eu completei a minha série Percy Jackson & Os Olimpianos, no inicio do ano passado eu comprei e li os 5 livros e o livro extra Os Arquivos do Semideus, mas no inicio desse ano na minha viagem para Curitiba eu comprei 10 livros e um deles foi o Guia Definitivo.

Sinopse: Vida de semideus não é fácil. Combater monstros, decifrar profecias e lançar-se em perigosas jornadas para salvar o mundo são tarefas rotineiras, e um herói não pode vacilar. Percy Jackson que o diga. O filho de Poseidon liderou as mais importantes missões de meios-sangues dos últimos tempos, e tudo o que ele aprendeu está nesse guia. Afinal, nunca se sabe quando o mundo estará novamente em perigo.
Colorido, com fotos, mapas e ilustrações, o Guia definitivo mostra como descobrir quem é seu pai ou mãe divino, como detectar um sátiro e quais são os dez sinais de que talvez você seja um meio-sangue, além de informações sobre os personagens, as criaturas mitológicas - deuses, espíritos e monstros - e os lugares lendários que todo herói precisa saber de cor.
Minha Opinião: Eu achei que ele é bem um resumão dos cinco livros da saga, mas como faz quase um ano completo que eu li a série tinha algumas coisas que eu não lembrava, a maioria detalhes. Eu amei o livro, as imagens coloridas, textos curtos, curiosidades. Mais tenho dois conselhos o primeiro: só leia se você já leu todos os cinco livros, e o segundo é: assim como Os Arquivos do Semideus (de Percy Jackson & Os Olimpianos) e Os Diários do Semideus (de Heróis do Olimpo) o Guia Definitivo é livro mais para amantes da saga, eu ate vi alguns comentários sobre ele ser desnecessário, mas quem me conhece sabe eu amo Percy Jackson, então fiz questão de tê-lo na minha coleção.

Reflexão: Não seja uma pessoa "mais ou menos" por Chico Xavier

Semana passada quando começaram minhas aulas, a minha professora de geografia passou um texto do Chico Xavier que te faz parar para refletir, e gostei tanto que decidi repassa-lo para vocês. Espero que vocês gostem e consigam refletir com isso...

A gente pode morar numa casa mais ou menos,
Numa rua mais ou menos,
Numa cidade mais ou menos,
E até ter um governo mais ou menos. 
A gente pode dormir numa cama mais ou menos,
Comer um feijão mais ou menos,
Ter um transporte mais ou menos,
E até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. 
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... 
Tudo bem. Pode, mas não deve!!!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... 
É amar mais ou menos,
É sonhar mais ou menos,
É ser amigo mais ou menos,
É namorar mais ou menos,
É ter fé mais ou menos,
E acreditar mais ou menos. 
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
Pense nisso...

Resenha: Uma Bruxa na Cidade (Ruth Warburton)

Uma Bruxa na Cidade conta a história de Anna Winterson que não sabe que é uma bruxa e zombaria se alguém disse-se isso para ela. Anna e seu pai mudam-se para uma cidade chamada:  Winter, onde conhece Seth (Ahh me apaixonei por ele, ele é perfeito <3) o garoto mais cobiçado da escola, ela fica encantada por ele, e em uma brincadeira acaba o enfeitiçando para amá-la; Com isso, sem querer, acaba declarando guerra entre dos clãs de bruxos rivais.

Agora minha opinião sobre o livro:
A diagramação é perfeita. A história se desenrola muito bem, com uma naturalidade, é uma história que você se liga com facilidade. Seth nos deixa apaixonadas por ele, e Anna eu a imagino com a Alexandra Daddario a Annabeth de Percy Jackson.
Durante a leitura ficava imaginando como seria um perfeito filme ou serie, caso o diretor e roteirista não estragassem tudo durante a adaptação.
Eu li entre 3, 4 dias, e esse dias foram maravilhosos. Sabe quando você se liga a história e cena se forma perfeitamente na sua cabeça? Parecendo realmente que tem um filme rolando? Foi exatamente assim meu dias lendo Uma Bruxa na Cidade. Fazia tempo que eu não tinha uma ligação com um livro assim tão forte para lê-lo em menos de uma semana, sinceramente eu acho que da para ler esse livro em um dia, mas acabou que eu precisava fazer outras coisas o que me atrasou um pouco.
Estou realmente ansiosa para continuação A Witch in Love (Ainda sem titulo oficial no Brasil, mas por tradução livre deve ser algo do tipo: Uma Bruxa apaixonada).

Viagem: Curitiba

Para quem acompanha a pagina do facebook do blog, ou então o meu instagram, sabe que final de semana, fui viajar, fui para Curitiba super de ultima hora, mas resolvi vim dividir com vocês como foi essa passadinha rápida por lá.

Quinta-feira a noite, sai da minha cidade e fui para Arapongas, a gente foi mais cedo para rodoviária e enquanto eu estava esperando eu fiquei fazendo um lanchinho e comecei a ler A Culpa é das Estrelas, mas lá eu nem toquei no livro e nem sei quando vou voltar a lê-lo. O horário do ônibus estava marcado para 23:30 (mas só para variar) atrasou 20 minutos, o ônibus era super confortável , mas acabei não dormindo nada. A gente chegou lá era 6:40 mais ou menos, um amigo nosso foi nos buscar e eu tirei uma foto do amanhecer no caminho ate a casa dele:
Durante a manha a gente foi visitar minha antiga diretora. No resto do dia a gente passou no centro, a gente rodou bastante, e eu ate tirei foto da estatua de bombeiros na praça Rui Barbosa, que eu não conhecia ainda. Comprei alguns acessórios que eu vou usar na minha festa de 15. E eu fui em um lugar eu não se é chinês ou japonês que vende lanche e salgado, quando eu era pequena eu sempre ia lá, fica de frente para estatua na praça Generoso Marques.
Eu tirei uma foto dos primeiros raios solares da sexta, então resolvi tirar também os últimos raios também.
Quando anoiteceu, meu dormiu na casa dessa família amiga nossa e eu fui para casa da minha mãe, sim  eu não moro com a minha mãe, porque sábado eu ia passar o dia inteiro com ela.
A gente acordou  deveria ser umas 8 horas, a gente foi na Saraiva onde comprei 6 livros e ainda um cd dos Beatles o Abbey Road, e na Curitiba onde eu comprei mais 3, ambos no Shopping Mueller. Depois eu fui no Sebo Kapricho, onde comprei mais 3 livros, sendo que um deles era presente para minha amiga.
Depois fomos na Samsung, para minha mãe buscar o celular dela (falando nisso foi uma baita caminhada, é muitooo longe), depois a gente foi no mesma lanchonete do dia anterior, depois a gente andou mais um pouco foi em algumas lojinhas, e depois fomos embora, depois não teve nada muito interessante...
Já no domingo, a gente acordou devia ser umas 9 e pouco então fomos arrumar as minhas coisas para levar ate a casa onde meu pai estava porque a noite a gente ia embora, depois fui tomar banho, para minha mãe fazer meu cabelo.
Depois a gente foi ate onde meu  pai estava na casa da família que é nossa amiga, ficamos lá quase o dia todo ate tirei uma foto da coleção de celulares e cabos do dona da casa, e a mãe dele fez um doce leite que eu amo, e eu também comi M&M, que na minha cidade só tem a "imitação" o confete. Dai a tarde a gente visitou mais alguns amigos de quando a gente morava lá.
Quando fomos para rodoviária estava cheia não tinha nem como estacionar direito, mas foi uma viagem divertida, eu fiquei morrendo de saudades da minha cachorrinha que faz 6 anos que estou com ela e a gente nunca tinha se separado, pelo menos não assim...
Quando eu cheguei aqui na minha cidade eu só me arrumei esperei duas amigas e fomos pro colégio mais isso é outra história...
Por hoje é só; Beijinhos..

Projeto: Stay Strong - Bullying

Mais um post do Projeto, estou muito contente de que estou conseguindo continuar com o projeto e espero que vocês também. Para hoje eu trouxe  um vídeo  do canal de humor: EtceZau, sobre Bullying, mas apesar do vídeo ser de humor, ele traz a verdade, e tem 3 dicas de coisas para fazer caso você esteja passando por isso. E a história que passa no vídeo é real.

Happy Birthday!

Um ano!
No dia 10 de fevereiro de 2013 eu fiz o primeiro post para o ate então: Apenas eu: Garota do Blog, queria me manter em anonimo, mas depois de um tempo mudei de ideia, e depois de mais algum tempo o blog virou o Just Me: Jenny; um lugar onde eu divido coisas do meu mundo pessoal, meu gosto de musica, filmes, séries, vídeos, minhas resenhas, onde compartilho as reflexões e desabafos, algumas noticias que me tocam e eu acho importante, e depois veio o Projeto: Stay Strong.
O post que mais me toca é o Projeto: Stay Strong, porque ele começou depois de que eu superei um momento muito... triste, acho que posso usar essa palavra. Eu pensei muitas pessoas precisam de ajuda para superar momentos "tristes/dificeis", dicas para se sentir melhor, levantar sua auto-estima, e ai nasceu o projeto.
O blog me ensinou e me ajudou em muitas coisas, ajudou a melhor a minha escrita, me ensinou como ser responsável, como cumprir compromissos.
Esse é o primeiro aniversario do blog, mas espero que tenha muito anos ainda pela frente.
Beijinhos...

Jogos Vorazes: Trança a lá Katniss

Todo mundo sabe que amo os vídeos da Mariana Santarem do canal: Viiixxxen, principalmente quando ela faz Outfits, e esse no caso é da trança da Katniss Everdeen do primeiro filme Jogos Vorazes (The Hunger Games). No começo vai ser difícil, mas depois que você pega a pratica você faz rapidinho.
É uma excelente dica  para ir pro colégio principalmente agora nesse calor.

Playlist: Arctic Monkeys

Arctic Monkeys é uma banda britânica de Indie rock/Rock alternativo formada em 2002, os atuais integrantes da banda são: Alex Turner (vocalista, guitarrista e principal compositor), Jamie Cook (principal guitarrista), Nick O'Malley (baixista), Matt Helders (baterista). Eu conheci a banda através da Bah, do canal:  Letras de Batom. As minhas musicas favoritas da banda é 505 e Fluorescent Adolescent.

Resenha: O Filho de Netuno (Rick Riordan)

No segundo livro da série o meu querido Percy Jackson está de volta o que me deixou muito feliz!

O livro começa com o Percy sendo perseguido por górgonas e fazendo suas piadas sem graças que eu amo, algum tempo depois fugindo das górgonas, Percy encontra Juno, a forma romana de Hera, ele a leva para o Acampamento Júpiter.
Como ele está com amnésia, o pessoal do acampamento está desconfiando dele, mas mesmo assim ele fez amigos Hazel e Frank.
Em um momento o acampamento tem outra visita divina, dessa fez o visitante foi  Marte, a forma romana de Ares, mandando Percy, Hazel e Frank para uma missão.

Uma coisa que eu comentei na resenha do "O Herói Perdido" que faltou um glossário, em O Filho de Netuno já temos um glossário pequeno, mas temos e nesse livro ainda temos um mapa do Acampamento Júpiter. Outra coisa que eu também que eu comentei na resenha do primeiro livro saga e nesse continua é a questão a dois capítulos o ponto divista é alternado  só que dessa vez, entre Percy, Hazel e Frank, e o tio Rick continua escrevendo em terceira pessoa. Entre esses dois livros eu prefiro o segundo e super recomendo a saga.
google7daadd2f4ae3ab26.html