Resenha: O Ladrão de Raios (Rick Riordan) Livro vs. Filme

O Ladrão de Raios é primeiro livro da série: "Percy Jackson & os Olimpianos".

Um garoto de 12 anos chamado Percy Jackson, ele tem dislexia e deficit de atenção, não consegue ficar mais de um ano no mesmo colégio, detalhe ele nunca conheceu o pai.

Estava em um passeio com seu colégio em um museu, lá foi abordado pela senhora Dodds, sua professora de álgebra, ela o levou para uma sala separada e se transformou em uma fúria, e o atacou, mas seu professor de latim, senhor Brunner, o "ajudou".

Depois desse acontecimento, Grover, seu melhor amigo e Sally, sua mãe o levaram para o Acampamento Meio-Sangue.

E lá ele descobre que deuses gregos existem, e eles tem filhos com humanos e seus filhos são chamados de semideuses. Percy é um semideus e a partir dai teremos missões profecias, não só nesse livro, mas na série inteira, além disso iremos acompanhar o primeiro amor de Percy.

Livro vs. Filme.
Antes de ler a série eu assisti o filme, mas quando eu li o primeiro livro, fiquei pensando como puderam mudar a história desse jeito?
O filme e o livro são muito bons, mas o livro é muito melhor, acho que eu só posso falar isso se não vou acabar dando spoiler do livro.
Em breve irei postar as resenhas dos outros livros da série.

Resenha: Fiquei Com o Seu Número (Sophie Kinsella)

      O livro conta a história da Poppy Wyat, ela acaba de ser pedida em casamento, e o noivo Magnus Tavish, deu um anel de esmeralda que era herança de família.
      Que eu evento em um hotel ela o perde e fica desesperada, então ela sai dando seu numero a todos só que quando ela esta saindo do hotel, roubam seu telefone.
       Com isso ela fica mais desesperada ainda, então a Poppy encontra um celular no lixo, e ela tem uma ideia que tudo que está no lixo é publico, então ela pega o celular e passa o numero para todos, mas ela  descobre que esse celular é de um ex-secretaria de um executivo, e o executivo, Sam Roxton, agora quer o telefone agora.
       Então ela pede  para ficar com celular, alegando que já tinha dado o numero para todos e que repassaria todas as ligações, mensagens e e-mails. Então eles fazem a corto.
        Só que toda vez que chega uma nova mensagem ou e-mail ela lê, a Poppy é uma personagens curiosa, divertida, e quando ela não gosta de algo ela prefere deixar como está do que ir lá e mudar.
O livro é super engraçado, porque enquanto a Poppy tava procurando sua aliança, ela estava escondendo da família e dos amigos que perdeu o anel e também tem que esconder esse acordo com o Sam.

Acho que vale super a pena ler, um livro super divertido, que tira muitas gargalhadas a unica coisa que eu não gostei no livro foi ele ser de folhas brancas, mas fora isso ele é super perfeito. E sem sombras de duzidas virou um dos meus livros favoritos.

Desabafo: Morte


Morte: 1)Pratica ou fato de morrer.
            2)Fim da vida; termo da existência.
            3) Pena Capital.
            4)Destruição perdição.
            5)Pesar profundo.

***

Morte é um assunto complicado de se tratar, mas muito importante na nossa vida.

         Sempre que penso nisso eu imagino minha morte. Não tenho medo de morrer, mas tenho medo de que pessoas queridas minhas morram.
         Toda vez que penso na minha morte, vejo as pessoas não ligando para ela, minha mãe, meu pai e minha mana Dressa sofrendo, mas um tempo depois não ligariam mais...
         As vezes vejo  minha vida como um peso para alguns familiares. E que quando eu morresse eles ficariam... "aliviados"... Sim aliviados é a palavra certa.
         Mas não é a mesma coisa com parentes, exemplo há quatro anos minha vó paterna faleceu e eu acabei não reagindo muto bem, minha vó morreu de madrugada, eu fiquei triste, mas não chorei, mas quando deu 16 horas faltava uma hora para fechar o caixão eu... Eu surtei, desabei em choro, nada me acalmava, parei no hospital tomando calmante,  voltei para o velório, faltava minutos para fechar o caixão.
         Não me afastei do caixão ate chegarmos no cemitério. E sofro ate hoje com isso.
         Por isso que digo não tenho medo de morrer, mas tenho medo de pessoas que eu amo morram.

Resenha: Depois Dos Quinze - Quando tudo começou a mudar (Bruna Vieira)

Depois dos Quinze - Quando tudo começa a mudar é o primeiro livro da colunista da  CAPRICHO e dona do blog DEPOIS DOS QUINZE, Bruna Vieira.

Primeiro vamos falar uma pouquinho mais sobre a autora:
Ela nasceu em Leopoldina, MG no dia 18 de maio de 1994, hoje em dia, como eu disse ela é colunista da  CAPRICHO e dona do blog DEPOIS DOS QUINZE e agora é escritora, além do livro: Depois dos Quinze - Quando tudo começa a mudar que ela lançou no dia 29 de novembro de 2012 e agora está para lançar segundo livro intitulado: De Volta Aos Quinze, que será lançado no dia 30 de agosto, mas já está em pré-venda na saraiva.

Vamos para minha opinião:
Eu amei a arte da capa e da "surpresa" interna do livro, e amei mais ainda o livro. A maneira que a Bruna escreve faz você refletir, em cada texto ou eu me identificava ou me lembrava alguém.
Falando em identificação o que eu mais me encontrei foi o Diário da Filha Solitária.
E sempre que eu não tenho nenhum livro ou então não quero ler algum livro ou quero ter alguma ideia, eu releio ele, ele é inspirador.

Agora, vamos falar sobre o livro em si.
O livro tem vários contos e crônicas, de acordo com o que eu soube, tem alguns contos e crônicas inédito e outras não.
Tem alguns desabafos que você para e pensa nossa eu já passei por algo parecido, e você acaba refletindo, por isso que sempre que alguém me pergunta sobre o que fala esse livro? E eu sempre respondo reflexões, desabafos...
Por isso muitas vezes eu acho que foi o livro da Bruna que me inspirou no blog. (Então obrigada Bruninha).

Uma coisa que no livro que eu achei uma excelente ideia foi a playlist para ouvir durante a leitura, eu amo ler ouvindo musica, por que assim eu me concentro melhor e as musicas da playlist  são simplesmente perfeitas...

Faça você mesma: Mural de fotos

Hoje como vocês viram no título, será um post sobre faça você mesma.
As vezes você sai ou vai viajar ou simplesmente tem fotos e quer montar um mural de fotos, quem fez o tutorial foi a Ana Paula ou simplesmente Paula, para quem não a conhece  ela é paulista e tem 23 anos e Web Designer e é colunista da CAPRICHO. 

Reflexão: YOLO

Vida...

Morte...

Saber Viver...

Aproveitar Oportunidades...

Desistência...

São simples palavras, "frases" que passam quase sempre pela nossa cabeça.

Para alguns a vida é só uma passagem e quando a morte chega, eles acolhem a morte como uma velha amiga. E algumas ate preferem a morte do que a vida...

Outros acham que viver é aproveitar festas, se embebedar, ficar com outras pessoas.

Outros acham que a vida não é nada além de estudar, aprender a se virar  sozinho aproveitar as oportunidades de  estudo e de trabalho.

Mas tem outras que começam vários projetos na vida, mas não conseguem  continuar seus projetos, então vem a desistência.

Mas tem um sigla que sempre me faz pensar:

Você só vive uma vez!

Acho que  essa sigla é uma dica para todos que acham que não sabem viver direito.

Faça tudo o que tenha vontade, não tenha medo do que os outros vão pensar ou falar, não tenha medo de errar, afinal viver é arte e errar faz parte.
Viva todas as experiencias possíveis, mas sem abusar...

Afinal tudo o que é demais faz mal...

Temos que ser nos mesmos.
Temos que ter nossa própria personalidade.
Temos que nos amar primeiro antes de amarmos os próximos.

Resenha: As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky) Livro X Filme

O livro conta história e é contado pelo "Charlie".

A história é toda contada por cartas que o Charlie escreve para um amigo, para o leitor, e o livro é dividido em quatro partes...

De cara o "Charlie" deixou claro, que mudaria os nomes para que não descobríssemos quem ele é...

O Charlie é um garoto inocente e  sensível, ele está entrando no colegial, que adora gravar fitas cassetes, lá ele faz amizade com Sam e Patrick, e através dele ele faz mais amigos e começa a perder um pouco, mais muito pouco mesmo da sua inocência e ele finalmente começa a viver uma vida mais de adolescente.
E outro personagem que se destaca no livro é o professor do Charlie, o professor dele sempre o isentava a crescer e lhe indicava muito livros.
Conforme o decorrer do livro o Charlie compartilha a história: do primeiro beijo, do primeiro amor, das amizades, do namoro, da família e da escola; Mas o livro também fala sobre drogas, abuso, violência, suicídio e homossexualismo.

Vou ser sincera, eu só li o livro porque ia lançar o filme com o Logan Lerman (O Ladrão de Raios/ O Mar de Monstro) e com a Emma Watson (Harry Potter), eu li em 2 dias e amei. E o livro é super fininho tem apenas 223 páginas.
O Filme foi adaptado pelo próprio escritor, e isso foi uma excelente estrategia, porque apesar de ter algumas adaptações o filme ficou muito bom e não fugiu tanto da história como acontece com muitas adaptações.
google7daadd2f4ae3ab26.html